Jethro Tull – “A Passion Play” Review

[amazon_link asins=’B00J4A27B2,B00JRDPWGS,B0040OOCO2,B01K8LAKPU,B0007TFCGG,B00000EE6F,B008QAUUXS,B01MYNC050,B00920HMOQ’ template=’ProductGrid’ store=’woofme-21′ marketplace=’ES’ link_id=’24a13d10-1107-11e8-85a0-0d8e2b36e0d7′]
Viagem do santo pénis. É só o que vos tenho a dizer. Ok, vocês não gostam de rock progressivo dos anos 70 em que um dos instrumentos principais é uma flauta. Não vos posso censurar, não é algo que entre à primeira. Para mim foi preciso ouvir o clássico “Aqualung” para ficar completamente fascinado com esta banda. Tal como o álbum anterior “Thick As A Brick”, este álbum é conceptual e composto apenas por uma faixa. Dado à limitação do vinil a faixa teve que ser dividida em duas e no CD as duas faixas mantêm-se talvez para preservar o espírito do lançamento original.
De qualquer maneira deve ser visto como uma faixa única de 45 minutos. A história fala de alguém que morre e que depois passa pelo céu, pelo purgatório e inferno, não gostando de nenhum deles e acaba por reencarnar e nascer novamente. Mais uma vez digo, não é um álbum que entre à primeira e mesmo para os apreciadores de rock/metal progressivo não é de fácil digestão. Para todos os que gostam de boa música, de desafios musicais e líricos este é o álbum perfeito para isso. Embora não contenha momentos memoráveis como o anterior. Chapa clássico
1 – A Passion Play Part 1 – 21:35
2 – A Passion Play Part 2 – 23:30
Duração 45:07
Nota 7.5

 

[quadsvi id=1]

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: