Myth Of A Life – “She Who Invites” Review

[amazon_link asins=’B07895VMTN’ template=’ProductAd’ store=’woofme-21′ marketplace=’ES’ link_id=’5c048e7e-7f00-11e8-8d0a-898354700f9d’]
Saudades de um álbum de death metal melódico começar com uma intro acústica cheia de melodia? Poderá ser coisa de nostalgia aguda mas é exactamente assim que começa este álbum de estreia da banda britânica Myth Of Life. A dita intro teria um maior impacto se tivesse uma ligação com a primeira faixa a sério, a “Scourged And Crucified”. Sente-se uma quebra que faz com que o bom momento inicial se sinta interrompido, apesar do poder e potência da já mencionada música. Para esclarecer, porque é o ponto que serve logo para separar o trigo do joio, quando estamos a falar de death metal melódico, estamos a falar mesmo de death metal melódico.
Temos vozes guturais e vozes gritadas – aparentemente gritadas pela mesma pessoa, Phil Core – e temos guitarradas que gosto das suecadas da ordem, apesar de não serem dadas aos solos. Curiosamente este era um projecto a solo do guitarrista/baixista Takanari Shono que gravou o EP “Erinyes” em 2014, em conjunto com Phil na voz e Dam na bateria, tendo havido no entanto uma revolução no alinhamento, ficando apenas Phil. Como não temos acesso ao EP anterior, não temos como dizer as diferenças entre a banda nessa altura e a que se apresenta aqui. Todavia, “She Who Invites”, apesar do título estranho, é um álbum extremamente competente de death metal melódico.
Por vezes a abordagem vocal faz-nos lembrar os Kataklysm enquanto o instrumental remete-nos mais para algo na onda dos At The Gates/The Haunted, ou seja aquilo que mais tarde viria a influenciar uma porrada de jovens músicos norte-americanos e dar início ao metalcore. Apesar de se ouvir muito bem, é pena é que não fiquem músicas no ouvido. Não é que nos importemos de ouvir este trabalho vezes sem conta, porque ele realmente ouve-se muito bem, mas é frustrante ficar tão pouco no final de cada audição. Cresce muito lentamente mas dado que já chega uns vinte anos depois de já termos visto muita coisa do género, poderá fartar quem procura algo mais eficaz a esse respeito. Ainda assim, bom death metal melódico.
1. Codex of Betrayal
2. Scourged and Crucified
3. Lobotomized
4. Erinyes
5. Taking Back What Is Mine
6. Pull the Trigger
7. Broken
8. Through the River
9. She Who Invites
10. Waiting to Die
11. Murder
12. Burning Vision
Duração 47:27
Nota 7.3/10

[quadsvi id=1]

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.