O Álbum do Mês EP 1 – Fevereiro 2016

Das páginas da Blasting News para as ondas internetianas da World Of Metal, aqui está a nossa selecção dos álbuns do mês de Fevereiro. Além dos dez do costume, este mês tivemos um excedente ao qual não conseguimos voltar as costas. 

Começámos pelo destaque a Primal Fear com o regresso “Rulebreaker”. Ler review aqui
De seguida, falámos do poderio dos Dark Symphonica e da sua estreia com “Immersion”, um grande álbum de metal sinfónico, bem potente. Ler a review aqui
Passámos para os Churchhouse Creepers e o seu stoner rock boa onda de “From Party To Apocalypse”, com um grande feeling clássico. Ler a review aqui
Também não poderíamos deixar passar em branco o regresso dos Ragnarok com “Psychopathology” e o seu black metal demolidor. Ler review aqui.
Surpreendente foi o segundo álbum dos Helmut, “Bite!”, uma mistura entre o stoner,doom e o rock clássico. Ler review aqui.
Wolvserpent lançou um EP com tanta qualidade que foi o primeiro a figurar nas listas do álbum do mês. “Aporia: Kãla: Ananta”. Ler review aqui.
Das cinzas do álbum clássico dos Dio, surge a banda com o mesmo nome, Last In Line. O álbum de estreia “Heavy Crown” é recomendadíssimo a todos os fãs do hard’n’heavy clássico. Ler review aqui.
E entramos nos melhores 10 álbuns de Fevereiro e continuando na senda pelo som clássico, regressam os Witchcraft com “Nucleus, com um grande álbum de hard rock clássico, sem esquecer a piscadela ao heavy metal clássico. Ler review aqui.
 Os Caelastia assumem o destaque na nona posição. A estreia “Beneath Abyss” já tem um ano mas como chegou a nós neste mês e é de qualidade inequívoca, a sua presença é justificada. Ler review aqui.

O stoner/doom esteve em grande em Fevereiro e os Greenleaf e o seu sexto álbum “Rise Above The Meadow” na oitava posição comprova isso mesmo. Ler review aqui.
Na sétima posição, o thrash metal é rei e senhor com os Sanktuary e o seu “Winter’s Doom”. Ler review aqui.

Na sexta posição, death metal clássico oriundo do chile com os Ripper e o seu segundo álbum “Experiment Of Existence”. Ler review aqui.

Na quinta posição, o black metal dos Fifth To Infinity e “Omnipotent Transdimensional Soulfire”. Ler review aqui.

Na quarta posição, o álbum de estreia dos Destroyers Of All. “Bleak Fragments” impressiona pela sua versatilidade, qualidade e potência. Ler review aqui.
No terceiro lugar, os Amiensus e o seu black metal aventureiro e porque não progressivo de “Ascension”. Ler review aqui.
No segundo lugar, o grande regresso dos mestres do metal progressivo, os Redemption e “The Art Of Loss. Ler review aqui
E o álbum do mês de Feveiro é…
Conan – “Revengeance”
Ler review aqui.

Podcastas

Com o apoio de :

 Metal Imperium

One thought on “O Álbum do Mês EP 1 – Fevereiro 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.