Ceremonia – “La Existencia Humana Debe Ser Un Error” Review

1. Amanecer fallido
2. Anestesia afflicción (I. Posesión / II. Ascensión / III. Abismo)
3. Abrazando el vacío
4. Existencia humana
Duração 44:43
 Apesar deste trabalho de estreia ter sido lançado já em 2015, chamou-nos a atenção o suficiente para que possamos tentar quebrar a barreira do tempo e falemos dele u pouco nestas páginas. Os Ceremonia são uma banda franco-colombiana que se move pelos terrenos nem sempre férteis do doom atmosférico e da sua mistura com o death metal. Nem sempre férteis porque jogam com o equilíbrio muito fino entre o muito bom e o analgésico potente capaz de provocar anestesia geral no corpo. Felizmente não é o que temos por aqui.
Os Ceremonia não fogem aos lugares comuns do género, começando logo por apresentar este álbum com apenas quatro músicas, quatro longas músicas (a mais pequena tem quase sete minutos), em que os menos preparados de certeza que mergulham na mais profunda das depressões. No entanto existe mais do que miséria traduzida em notas musicais. Existe um sentido de verdadeira progressão ao longo dos temas, uma justificação para que os mesmos tenham realmente uma duração tão longa. E depois, é pesado como tudo. “Amanecer Fallido” cai-nos como uma bomba de desesperança e opressiva.
Peso descomunal em conjunto com melodias marcantes fazem com que este “La Existencia Humana Debe Ser Un Error” uma excelente surpresa nos meandros do death/doom paquidérmico que consegue ser arrastado e miserável mas sem ser em nenhum momento aborrecido. Indo buscar muito às raízes do death/doom, os Ceremonia tem um início de carreira fantástico. Não é um trabalho fácil de ouvir, o que é o mesmo que dizer que está perfeito com aquilo que o género e os seus fãs exigem. Valeu a pena quebrar a barreira do tempo.
Nota 8/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.