Chromb! – “1000” Review

1. Des Francis en quinconce
2. Bobby
3. Favrice
4. Le tombeau est vide
5. Bonjoure
6. La nuit des madames
7. Die Krabben leben noch
8. Il en fallait
Duração 58:30
Ok, isto é estranho. Muito estranho! Já temos algumas marcas registradas e quando dizemos que é “estranho, é muito estranho”, é o tipo de coisa para fazer afugentar os que gostam pouco de surpresas ou de partir a cabeça a tentar decifrar a música como se fosse um cubo mágico. Basicamente é a melhor descrição que podemos fazer para o som dos Chromb! mas podemos tentar outra. Que tal esta? Jazz como se fosse feito pelo Frank Zappa caso ele quisesse fazer um álbum rock, com baladas (misturadas no meio das faixas mais agitadas) e tudo, onde temos música electrónica, arranjo de cordas e coros, juntando uma série de coisas no mesmo tacho como se fosse tudo resultar. E resulta. É isso que irrita. “1000” é um álbum estranho, provocante e que cresce a cada audição. É daqueles casos em que ouvimos, não sabemos porquê, não conseguimos explicar porquê mas também não conseguimos parar. A não ser quando pára por si próprio.
Nota 7/10

Support World Of Metal




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.