Chronosphere – “Red N’ Roll” Review

1. Alu Card
2. Demonized
3. Before It’s Gone
4. Picking Up My Pieces
5. Be the Best
6. The Force to Put an End
7. Honest to Kill
8. Wolves Out of Cage
9. Warriors
10. Portal to the Underworld
Duração 40:25
Já tínhamos conhecido o poderio dos gregos Chronosphere com o seu segundo álbum, “Embracing Oblivion” e ficámos devidamente impressionados. Porquê? Bem, porque eles têm o thraaaaaaaaaaaaaaash na alma. E nós também. Almas irmãs estão destinadas a encontrar-se. Questões romãnticometafísicas aparte, “Red N’ Roll” é o terceiro álbum da banda e se o mito estiver correcto, este é o álbum que define a carreira da banda. No que nos diz respeito, não nos traz nada que não tenhamos já antecipado. Thrash metal cheio de garra, virtuosismo e grandes músicas. E é aqui que está o segredo da coisa. A forma como as suas músicas conseguem furar um mar de lugares comuns e de centenas de outras bandas a fazer precisamente o mesmo. Este é um álbum divertido de ouvir porque nos remete para aqueles tempos de inocência onde estávamos a dar os primeiros passos no estilo e ficávamos maravilhados com os riffs, com os solos, com as harmonias. “Red N’ Roll” revela-se um título adequado, afinal, o ritmo anda sempre na redline e mais próximo que este tipo de diversão só mesmo rock’n’roll.

Nota 8.6/10

Support World Of Metal


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.