DGM – “The Passage” Review

Se há um nome bastante subvalorizado no panorama do metal progressivo, é o de DGM. A banda italiana cuja designação aponta para o nome dos três membros fundadores dos quais não restou nenhum na formação dos dias de hoje jé tem mais de vinte anos de carreira e um passado cheio de álbuns de qualidade, ao qual este “The Passage” não vai destoar de manheira nenhuma. Este é um álbum que logo desde o início tem um profundo impacto com as duas primeiras músicas, precisamente a primeira e segunda parte de “The Secret”, que juntas resultam num épico de power metal progressivo impossível de ignorar.
Poderão acusar a banda de algumas semelhanças com os Symphony X, principalmente pela voz de Mark Basile, que faz lembrar a de Russel Allen, no entanto, o que temos é algo substancialmente diferente. Se por um lado a música não parece tão complexa em termos instrumentais e de composição, por outro parece-nos bastante mais exuberante, principalmente no peso. Basta ouvir malhões como “Fallen”, “Animal” ou “Portrait” para se comprovar isto mesmo. No entanto, no que diz respeito à melodia, também temos muito por onde pegar, fazendo com que este trabalho se torne perfeito nesse equilíbrio.
Mesmo não sendo o trabalho mais esperado por parte da Frontiers Records, devido ao seu peso metálico, sem dúvida que a capacidade melódica da banda justifica por inteiro a presença no catálogo da influente editora italiana. “The Passage” é um álbum que merece figurar na lista dos trabalhos clássicos do metal progressivo ao lado de nomes como Dream Theater e os já mencionados Symphony X. Sem qualquer tipo de exagero, este é o trabalho com mais qualidade que ouvimos do género nos últimos anos e que nos faz querer conhecer os DGM mais a fundo. Clássico garantido.
1. The Secret (Parte 1)
2. The Secret (Parte 2)
3. Animal
4. Ghost of Insanity
5. Fallen
6. The Passage
7. Disguise
8. Portrait
9. Daydreamer
10. Dogma
11. In Sorrow
Duração 62:01
Nota 9.5/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.