Draugur – “By The Rays Of His Golden Light” Review

1. Constructing the Void
2. Entities of the Third Dimension
3. Torment in a Maze
4. I, Death, Descent
5. Behold the Third Eye Vision
6. I Rule This Night
7. Bloodsoaked Battlefield Commitment
Duração 38:48
Estamos habituados a receber da Holanda death metal bruto que nos dá ensaios de porrada memoráveis, mas em relação ao black metal já não temos assim uma grande memória a não ser pelos Belphegor. “By The Rays Of His Golden Light” é o álbum de estreia dos Draugur e não podemos dizer que têm semelhanças com os seus conterrâneos Belphegor, o que não é necessariamente mau. A proposta dos Draugur é bem mais ortodoxa e menos melódica o que dota a sua música de interesse redobrado principalmente para quem gosta do seu black metal feio, porco e mau – no bom sentido, claro.
Indo pela vertente dissonante que o underground nos tem apresentando nos últimos anos, a banda junta uma costela tradicional (entenda-se tradicional como algo que tenha vindo da segunda vaga de black metal) que acaba por ser uma mistura vencedora que conquistará aqueles que detestam as dissonâncias no seu black metal. É um trabalho intenso e dinâmico onde passamos num tema como “Thorment” de algo compassado e sufocante para algo mais uptempo e… sufocante, voltando depois ao registo inicial… sufocante. 
Se por um lado nos mantemos interessados ao longo de “By The Rays Of His Golden Light”, por outro temos um pouco de sentimento de déjá vú, que tanto “Void” (o tema de abertura) e principalmente “I Death”) abraçam sem qualquer tipo de pudor, mas aquilo que é clichê para os outros géneros músicais, para o black metal é um código que convem respeitar. Como já dissemos, temos aqui dinâmica suficiente para não se pensar que é apenas mais um remake dum qualquer álbum de black metal tradicional. Sabemos que não há muito a inovar e que aquilo que interessa é apresentar temas fortes. Não apresentando uma estreia perfeita, os Draugur pelo menos cumprem essa missão.
Nota 7.8/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.