Esben And The Witch – “Older Terrors” Review

1. Sylvan 
2. Marking the Heart of a Serpent 
3. The Wolf’s Sun 
4. The Reverist 
Duração 46:08
 
Que obra prima é este “Older Terrors”. Poderíamos resumir a nossa review a esta frase e é essa a vontade que temos, mesmo sabendo que não iria satisfazer aqueles que querem alguma justificação para essa mesma declaração. Mesmo assim, é essa a vontade que temos e que temos que contradizer porque “Older Terrors” merece ser espremido e explicado até à exaustão. Os Esben And The Witch são daquelas bandas que não têm nada marcadamente metal no seu som mas que se há um universo onde se encaixa, esse universo é mesmo o de metal, na secção doom/ambient/progressivo.
Este quarto álbum é composto por quatro temas, todos eles superiores a dez minutos, o que nos dá que pensar como é que es power trio, sem usar os lugares comuns do doom (ou de qualquer outro género) consegue evitar com que este trabalho se torne maçador? Mais do que isso, faz-nos perguntar como é que ele é tão interessante e invuklgarmente viciante? Talvez possamos dizer de forma leviana e superficial que grande parte encanto parte da abordagem vocal por parte de Rachel Davies, que tem um dom de nos hipnotizar, sem embarcar, mais uma vez, em nenhum lugar comum no que diz ao que se espera de uma voz feminina neste estilo de música.
Um álbum enorme, de qualidade imortal que nos faz querer, de forma precipitada é certo, colocar ao lado de outros clássicos imortais da nossa música pesada tais como “Mandylion” (embora a abordagem não seja propriamente semelhante à de Anneke, que tinha (e tem) uma abordagem menos melancólica). Não é um álbum que seja fácil de interiorizar, nem será, devido à sua natureza quase fúnebre e melancólica (para não dizer depressiva) correndo-se o risco de podermos cortar os pulsos sem se dar conta. No entanto, não deixa de ser um grande álbum que de certeza que os amantes de doom ou simplesmente de música emocional vão ficar viciados.
Nota 8.9/10
Esta review tem o apoio de 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.