Kansas – “The Prelude Implicit” Review

Isto poderá parecer um pouco a despropósito mas… numa era em que grandes músicos, grandes lendas, estão cada vez a ficar mais velhos e, infelizmente, a falecer, quem diria que estaríamos aqui a fazer uma análise ao novo álbum dos Kansas, lenda da música rock norte-americana e mundial. Principalmente quando a banda não lançava um álbum desde 2000. O legado da banda de rock progressivo é intocável e a forma como influenciou toda uma geração de músicos, principalmente pela sua primeira fase da carreira também. No entanto, será que após dezasseis anos de ausência, a banda está à altura do seu legado, com este seu décimo quinto álbum de orignais?
Essa é a grande questão não é? Ainda para mais, quando este trabalho sai depois do seu vocalista e compositor original se ter despedido. Bem, apesar de conhecermos o trabalho da banda, temos que confessar que não somos fãs acérrimos e talvez por isso não conseguimos encontrar nada de errado com este trabalho. Em abono da verdade, as primeiras audições soaram-nos muito bem, parecendo-nos que é uma digna adição ao legado da banda e este trabalho parece-nos que foi construído para ser tocado ao vivo. Além do novo vocalista/teclista Ronnie Platt, temos também um teclista, David Manion, e um guitarrista adicional, Zak Rizvi, o que dá uma maior liberdade nos arranjos.
Quanto à voz, inevitavelmente um ponto principal, de Ronnie, a mesma é melódica à boa velha maneira art rock, o que é capaz de retirar alguma força aos temas, dando ideia que os mesmos são demasiado polidos. De qualquer forma, e mesmo não tendo nenhum tema imediato – mal seria se asssim fosse também – o que é certo é que este é um álbum que não envergonha nada o legado da banda e está cheio de bons momentos, principalmente quando o violino de David Ragsdale entra em acção. Recomendamos ouvir temas como “The Voyage Of Eight Eightenn”, “The Unsung Heroes” ou “Crowded Isolation”, sem esquecer a instrumental “Section 60”.
01. With This Heart
02. Visibility Zero
03. The Unsung Heroes
04. Rhythm In The Spirit
05. Refugee
06. The Voyage Of Eight Eighteen
07. Camouflage
08. Summer
09. Crowded Isolation
10. Section 60
Duração 53:26
Nota 8/10



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.