Raios E Trovões – Terapia da Criação

Por Lex Thunder (Toxikull)

Preciso de música, de criar e de oferecer, de procurar e errar, de viver e morrer um pouco mais depressa cada dia. Talvez até mais disso de que um comprimido.

Nos últimos meses a minha vida mudou radicalmente.

Voltou novamente a ter um objectivo, uma razão pela qual acordar e sentir o despertar do dia, a expectativa do caos incerto que a vida traz, a luta contra a ordem instaurada de todas as coisas, o corpo a fundir-se á alma, expandindo-se e superando-se a cada pensamento e vivencia.

Tudo mudou quando entrei para estúdio para voltar a fazer aquilo que mais me dá gozo fazer, gravar e viver a música. Antes disso, confesso que me senti desmotivado, enfardado, indiferente e quase enterrado a todo o estímulo outrora glorioso, atraído por ondas tóxicas no pensamento e por vezes até no discurso tornando-se cansativo de o carregar.

Como se estivesse constantemente num quarto escuro, apenas com a pequena e impotente luz de cabeceira acesa que seduz para a comodidade da ordem, e do calor eterno do simples mortal.

Mas a música chamou-me, cantou para mim e eu para ela.

A energia fluiu outra vez, a adrenalina e a ansiedade de ser eu mesmo floresceram outra vez no primeiro passo dado em estúdio com a minha família de há uns bons anos, a minha banda.

Que se desenganem aqueles que dizem que os artistas não servem para nada em tempos como estes. Mais que não seja, servem para eles próprios, no mínimo. Faz música e liberta-te para o mundo. Talvez a mudança venha daí.


 

Agora na Google Play Store

Support World Of Metal
Become a Patron!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.