Thy Shade – “The Last Goodbye” Review

1. Prelude
2. Change
3. The Last Goodbye
4. Fantasy
5. Adagio
6. Final Chapter
7. Oh Divine Redeemer
8. Dies Irae
9. Bring the Light Back
10. Inneggiamo
11. Pie Jesu
Duração 44:12
Por vezes não é fácil ser-se crítico. Por muito que existam colegas que tenham prazer em deitar abaixo o trabalho dos outros – e nós assumimos que por vezes o fazemos não por prazer mas por mera irritação – sempre sentimos uma certa tristeza quando temos que falar menos bem de algum trabalho e esta estreia dos norte-americanos Thy Shade insere-se infelizmente neste grupo. Com uma base clara no gótico de tendências sinfónicos, temos aqui onze temas de alta sensibilidade onde o grande defeito é não ter punch algo.
Demasiado polido, demasiado cristalino e chegando até a ser monótono, fica-nos a ideia de que este trabalho beneficiaria de um valente incremento da parte metal da sua sua designação. Poderíamos alegar que o facto da banda ter apenas um ano que esse é o motivo de as suas músicas não serem apelativas, mas cremos que se trata sobretudo de um problema de forma e não de conteúdo. Um tema como “Adagio”, assumidamente inspirado no tema de música clássica de Albinoni tinha tudo para ser uma assombrosa versão e acaba apenas por soar como “estando quase lá mas não chegando mesmo… lá”.
Outras músicas transmitem a mesma sensação, no sentido oposto. “Final Chapter”, a música imediatamente a seguir mostra-nos pedal duplo, ritmos frenéticos em quase total oposição ao que ouvimos anteriormente, mas mesmo assim… falta qualquer coisa. Falta-nos sobriedade, falta-nos talvez maturidade. Falta aquele elemento extra que nos indica que temos aqui uma proposta de valor. Não é um mau trabalho, mas sente-se que poderia ser muito mas muito melhor. Talvez num eventual segundo trabalho.
Nota 5/10
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.