Tyketto – “Reach” Review

01. Reach
02. Big Money
03. Kick Like A Mule
04. Circle The Wagons
05. I Need It Now
06. Tearing Down The Sky
07. Letting Go
08. The Fastest Man Alive
09. Remember My Name
10. Sparks Will Fly
11. Scream
12. The Run
Duração 57:51
Os Tyketto tiveram um grande êxito no inicio da década de noventa, com o single “Forever Young” (não, não é esse “Forever Young”) e com o álbum de estreia donde foi retirado, “Don’t Come Easy”, no entanto, como muita coisa boa e má, desapareceram na enxurrada grunge para a obscuridade em meados da década, lançando entetanto mais três álbuns. Tiveram mais uns ameaços de voltarem em 2004 e 2007, tendo resultado dessas duas vezes apenas um álbum de originais. O regresso a valer foi em 2012 e “Reach” é o segundo trabalho desde então.
Podemos dizer que não é o típico regresso com cheiro a mofo, já que a qualidade que a banda evidencia no seu hard rock é mais que muita. Talvez tenha um feeling um pouco datado, mas preferimos ver a coisa de forma positiva e encarar a coisa como sendo o factor clássico a sobressair. Temos bons riffs, bons temas – o tema título é uma malha de todo o tamanho, “Tearing Down The Sky” tem um refrão marcante e bons solos assim como a “The Fastest Man Alive”. E claro, as belas das baladas a puxar ao sentimento, também não poderiam deixar de faltar – “Letting Go” por exemplo é um excelente tema, apesar do seu teor baladesco.
A banda poderá não ser a mesma que iniciou a carreira, mas a qualidade continua sem dúvida presente, com um redobrado sentido daquilo que é ou que deve ser o hard rock clássico, algo que muitos tentam mas que os Tyketto conseguiram na perfeição. Para quem andava à procura de álbum de hard rock para este final do ano, sem dúvida que “Reach” é a escolha acertada. Sem dúvida que o estilo está vivo e recomenda-se.
Nota 8.2/10
Apoio de

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.