Underworld The Awakening Review

[amazon_textlink asin=’B00J8UFRVK’ text='[amazon_link asins=’B00J8UFRVK’ template=’ProductGrid’ store=’woofme-21′ marketplace=’ES’ link_id=’187c3268-d921-11e7-aab7-53af668ebf94′]

Depois do anterior filme, da prequela Underworld – Rise Of The Lycans, e sobretudo de toda a saga Twilight, fiquei com a ideia que a coisa teria ficado por aqui. Felizmente, ou infelizmente, não. A vampira Selene está de volta, despertada de um estado de suspensão animada, para um mundo substancialmente diferente do que aquele que se lembrava. Esta é a premissa para mais um filme, ou melhor para mais uma série de filmes. Esse é o grande problema desta quarta parte. Sentimos como algo incompleto, bastante imperfeito. A personagem de Michael Corvin, essencial no primeiro filme, secundária no segundo, surge aqui como um empecilho à história que se quer contar. E sim, a forma como esta personagem é explorada continua a ser uma espinha na minha garganta. Sem ser um mau filme, acaba por não ser bom. Para se ir mais longe nas comparações, é um filme que soa pálido em relação ao original, que por si só, já não era grande coisa. Kathy Beckinsale continua fantástica mas não é motivo suficiente para aguentar vampiros e lobisomens à chapada outra vez. Mais ou menos. E não é difícil perceber porque é que os fãs dos primeiros filmes sentem o porquê dessa premissa ter sido desrespeitada, é como se fosse um filme completamente novo, com a mesma personagem. Se calhar era esse o objectivo. O resultado é que… coiso.

Nota 5/10

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: