WOM Flash Reviews – Turkey Vulture / Nekrofilth / Nobody’s Baby / Culted / Hound The Wolves / Glasghote / Negarte / Harbour Of Souls / Quicksilver Daydream

Turkey Vulture – “Boxer”

2019 – Edição de Autor

Este EP de estreia dos Turkey Vulture fez-me recuar uns bons anos no tempo, até uma altura em que o passatempo preferido era mesmo encontrar distorções catitas vst para as minhas aventuras musicais. São dois temas que apesar do rótulo punk do comunicado de imprensa, acaba por recair no alternativo. Sem problema é tudo bom, principalmente quando a segunda música é uma cover do clássico “Jolene” que até resulta muito bem.

Nota: 7.5/10
Review por Fernando Ferreira

[bandcamp width=350 height=470 album=277723939 size=large bgcol=ffffff linkcol=0687f5 tracklist=false]

Nekrofilth – “Love Me Like a Reptile”

2019 – Hells Headbangers

Na nossa cabeça, para termos uma cover como deve de ser dos Motörhead como deve de ser, a coisa tem que ser bem javardolas. Como tal, os Nekrofilth conseguem acertar em cheio. E não é difícil de perceber o porquê desse tema, “Love Me Like A Reptile” ser o tema-título de um EP de covers que ainda nos traz temas dos Rudimentary Peni (“Media Person”), Mob 47 (“Det Ar Upp Till Oss”) e Mortician (o clássico “Zombie Apocalypse” que é provavelmente a melhor cover de sempre dos Mortician). Para quem gosta de podridão de classe superior, aqui está à disposição.

Nota 9/10
Review por Fernando Ferreira

[bandcamp width=350 height=470 album=3105885723 size=large bgcol=ffffff linkcol=0687f5 tracklist=false]

Nobody’s Baby – “Nobody’s Baby”

2019 – Edição de Autor

Nobody’s Baby apresenta um som nostálgico que nos remonta para o espírito ingénuo da década de cinquenta e de sessenta ao mesmo tempo que o fundo com a sonoridade alternativa e (porque não?) noise rock ainda que muito ao de leve. Mais do que ir buscar pedaços aqui e ali, o que interessam aqui são mesmo estes cinco temas que sem dúvida mostram um potencial imenso e já parcialmente demonstrado.

Nota: 8/10
Review por Fernando Ferreira

Hound The Wolves / Glasghote – “Split”

2019 – Edição de Autor

Os splits são lançamentos de dinâmicas engraçadas. Por um lado temos sempre a sensação de que mesmo sem havendo, há uma competição. Nos tempos da estreia dos Sepultura, o fanatismo entre os fãs era tal que a metade do split do “Bestial Devastation” foi riscada de propósito pelos fãs dos Sepultura. Por outro lado temos também aqueles onde as duas bandas se complementam. No caso dos Hound The Wolves e dos Glasghote podemos dizer que as duas bandas realmente se complementam, mas que o impacto maior fica sobretudo para os primeiros. Para já, o tema épico “Godhead” é uma gigantesca trip stoner/doom/psicadélica enquanto o segundo tema já é quase folk/americana arraçado de blues apocalíptico. Já os Glashot apresentam uma abordagem ao sludge/soom já mais corriqueira mas mesmo sem se destacar nem dos seus parceiros de split nem de todos os restantes, cumprem a sua função. Só pelos Hound The Wolves, vale bem a pena.

Nota 7/10
Review por Fernando Ferreira

Culted – “Vespertina Synaxis - A Prayer for Union & Emptiness”

2019 – Season Of Mist

Os Culted estão finalmente de volta embora não seja um regresso aos álbuns mas ainda assim este é um daqueles EP que quase que vale por um álbum. Três temas que equivalem, na nossa opinião, a um tema gigantesco de quase meia hora. A peça central é (literalmente) “Dirt Black Chalice”, enquanto tanto o tema anterior (“A Prayer For Union”), como o posterior “A Prayer For Emptiness” servem quase como complementos do mesmo. No geral, é uma descida aos infernos como já previamos e apenas gostaríamos se pudéssemos ir um pouco mais além. Espera-se que se possa satisfazer este desejo em breve.

Nota: 9/10
Review por Fernando Ferreira

Negarte – “Ancient Shelters”

2019 – Edição de Autor

Promissor projecto de black metal espanhol que nos traz várias ambiências propícias ao género como também acabam por ir para outras vertentes ora mais peculiares, ora mais ambientais. Na sua génese, a vontade era mesmo ir para outros campos diferentes e isso foi atingido em quase toda a plenitude. Fica a curiosidade para ver esta ambiência transportada para outros campos ou simplesmente aprofundada. Por agora ficamos intrigados.

Nota 8/10
Review por Fernando Ferreira

[bandcamp width=350 height=470 album=2516379077 size=large bgcol=ffffff linkcol=0687f5 tracklist=false]

Harbour Of Souls – “Doomsayer”

2019 – Headbangers Records/Big Bad Wolf Records

Segundo EP dos holandeses Harbour Of Souls que se apresentam com uma sonoridade bem tradicional com um vocalista que lembra um pouco o nosso Artur Almeida (Attick Demons). Sonoridade que até não é nada de original mas cumpre bem a missão ao cativar-nos ao longo de cinco temas raçudos que andam entre o hard rock e o heavy metal. Um bom nome que nos parece estar pronto para avançar para o primeiro álbum.

Nota: 7.5/10
Review por Fernando Ferreira

Quicksilver Daydream – “Fly Oblivion”

2019 – Edição de Autor

Os Quicksilver Daydream são apresentados como uma banda de folk psicadélico. Não sabemos bem se isto será a melhor forma de os classificar e para esse efeito talvez juntássemos ao lote de descrições o termo alternativo algures. Não que ajude mas… nada como tentar. Quanto à música, há um apelo estranhamente vintage, a relembrar aquela passagem da new wave de algo novo para algo corriqueiro. Sentido de ambiência muito bem conseguido ao longo de dez temas bastante diferentes entre si mas que de certa forma se complementam. Fluidez únicas num álbum que tem um poder enorme para ir crecendo aos poucos até nos dominar por completo.

Nota 8.5/10
Review por Fernando Ferreira

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.