WOM Report – Angelus Apatrida, Revolution Within @ MusicBox, Lisboa – 04.05.19

Dois anos passados de um memorável concerto na sala do RCA, os espanhóis Angelus Apatrida regressaram a Portugal para apresentar o seu novo disco, “Cabaret de la Guillotine” em duas datas, no Hard Club (Porto) no dia 3 de Maio e no Musicbox (Lisboa) no dia 4 de Maio.

Pouco passava das 21.30 quando entraram em palco os portugueses Revolution Within, banda convidada para aquecer a plateia antes da actuação dos castelhanos. Com Rui “Raça” Alves bastante comunicativo desde início, agradecendo a oportunidade de voltar a tocar com os Apatrida (o ano passado tocaram juntos em Valência e Barcelona) e aos presentes que a pouco e pouco iam enchendo a “espectacular sala do Musicbox“, referiu.

Apesar da banda ter um novo integrante, o guitarrista Loki, este pareceu perfeitamente integrado no coletivo nortenho, debitando o thrash musculado que os caracteriza. Destaque para faixas como “Without Recognition” ou “Revenge Now”, antes de Raça chamar ao palco dois distintos convidados para ajudar na vocalização de “Pull the Trigger”. Marco Fresco (Tales for The Unspoken) e Diogo Pardal (One Step to Fall) subiram então ao palco para uma versão brutal do clássico incluído no disco de 2012 “Straight From Within”. Já com uma moldura humana muito interessante, e que não se cansou de animar no mosh em frente ao palco, dissemos as despedidas aos Revolution Within com “Stand Tall”, clássico dos clássicos, retirado do disco de estreia da banda “Collision”, já quase a fazer 10 anos de existência.

Rápida mudança de material em palco e o intro anuncia a entrada da banda de Albacete, recebida em delírio pelos presentes. A banda de Guillermo Izquierdo tem uma considerável legião de fãs em Lisboa, gente que se lembra com carinho as diversas vezes que foram brindados por excelentes performances da banda. Com o mais recente “Cabaret de la Guillotine” a fazer exactamente um ano desde que foi editado pela Century Media, o quarteto mostrou as suas garras e partiu para uma fabulosa hora de speed/thrash na sala do Cais do Sodré.

O público claro que não se fez rogado em fazer a festa e desde o início houve mosh junto ao palco. Apesar do motivo da mini-digressão por terras lusitanas ser mostrar o novo disco, do qual não faltaram grandes faixas – destaque para “Sharpen the Guillotine”, que abriu o concerto, e “Downfall of the Nation” -, tivemos regressos ao passado da banda, inclusive até ao disco de estreia, “Evil Unleashed”, com a inclusão de “Versus the World” imediatamente antes de um encore poderoso com as velhinhas “Thrash Attack” e “You Are Next”. Antes tivemos a oportunidade de ouvir a primeira (e talvez última) balada dos Angelus Apatrida, “Farewell”, dedicada a um fã amigo falecido.


Guillermo estava visivelmente feliz pela moldura humana presente e aproveitou para agradecer aos Switchtense e ao Kongas pela ajuda na realização do concerto no Musicbox. Ficou a promessa feita de regressarem ainda este ano, “para um festival no final do Verão”, referiu o vocalista.

Texto e fotos por Vasco Rodrigues
Agradecimentos Ricardo Dias/MusicBox / Holy Cuervo


 

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

One thought on “WOM Report – Angelus Apatrida, Revolution Within @ MusicBox, Lisboa – 04.05.19

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: