WOM Report – Voivod, Nightrage @ Hard Club, Porto – 26.09.18

Na passada quarta-feira, 26 de Setembro cheguei cedo ao Hard Club para assistir à passagem pelo Porto da Tournée europeia do 35° Aniversário dos canadianos Voivod acompanhados pelos Nightrage que nesta noite terminavam um conjunto de 8 datas como banda suporte. Os poucos já presentes, maioritariamente velha guarda e entre os quais alguns espanhóis, revelavam ser verdadeiros seguidores e fervorosos conhecedores da rica carreira dos Voivod, que curiosamente poucos dias antes tinham lançado o décimo quarto álbum intitulado “The Wake”. Nunca tinha assistido ao vivo a nenhuma das bandas e confesso que o quinteto de Death Metal Melódico, Nightrage, formado em 2000 por Marios Iliopoulos era o que mais me atraía, não só por lá terem passado nomes como Tomas Lindberg, Nick Barker, Gus G. entre outros, mas principalmente pelo aclamado “The Venomus” de 2017. Os Voivod apesar de conhecer desde os seus primórdios nunca foi um nome, um som que me cativasse ou estivesse entre as minhas preferências.

Com o tempo apareceu mais pessoas e poucos minutos após a hora prevista, Ronnie Nyman (voz), Marios Iliopoulos, Magnus Soderman(guitarras), Lawrence Dinamarca (bateria) e Francisco Escalona (baixo) deram inicio com “Being Nothing” e “In Abhorrance” e logo se percebeu que algo não estava bem com o som principalmente de Marios. O vocalista Ronnie, irrequieto e visivelmente transtornado pediu repetidamente desculpas pelos problemas técnicos durante tida a actuação assim como inumeras vezes elogiou a cidade e agradeceu aos cabeças de cartaz a oportunidade a camaradagem e principalmente a carreira. Sem grandes motivos de realce, destaque para “Affliction” que seria o ponto alto de uma actuação que acabaria por ser mais curta que o habitual.

Mas a noite era dos Voivod, banda única, com o carismático Snake em grande forma, a guitarra cáustica de Chewy em destaque arrepiante e Away e Rocky a cavalgar e serpentear selvagicamente uma noite mágica. “Post Society” e “Ravenous” foram os temas de abertura-um alucinogenio de rock progressivo com thrash psicadélico – a que se seguiu anunciado por Snake o primeiro tema da noite retirado do novo álbum “Obsolete Beings”  que demorou 3 anos a ser criado e agora estava à nossa consideração. Um conjunto de temas que foram um tributo aos trinta e cinco anos da banda e ainda “Iconspiracy” e “Always Moving” do novo “The Wake”.

A sala estava composta na grande maioria de verdadeiros fãs e conhecedores do percurso do colectivo canadiano e a sinergia entre a banda e a audiência mais próxima do palco da Sala 2 foi uma constante e atingiria o clímax com o clássico “The Prow”. Diversão, intercâmbio com o público, os roadies, banda suporte, dois deles inclusive subiram ao palco aquando de Voivod, o ultimo tema onde Snake endereçou um carinho muito especial à organização e à bela cidade do Porto. Regressariam para um último tema e se a determinada altura a banda convidou os presentes a uma dança de baile, nesta altura a pedido de mais duas, Snake respondeu com humor, já somos velhos! Fiquei rendido a um colosso de banda atípica de Metal chamada Voivod, a merecer a minha maior consideração e vontade de conhecer melhor. Parabéns!

Texto por Paulo Aguiar
Fotos por Renata Lino
Agradecimentos Garboyl Lives


 

[quadsvi id=1]

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

2 thoughts on “WOM Report – Voivod, Nightrage @ Hard Club, Porto – 26.09.18

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: