WOM Reviews – Angélica Salvi / Saccaya / Ultra Silvam / GYAOS: DIABOLICAL

Angélica Salvi – “Habitat”

2022 – Lovers And Lollypops

Angélica Salvi está de volta e como sempre as expectativas ficam sempre altas para ouvir mais encantamentos debitados pela sua harpa mística. Ficamos sempre entregues ao mistério de como soaria a música num contexto celestial mas se for para dar largas à imaginação, será algo sempre próximo do que se pode ouvir em “Habitat”. Há também uma maior liberdade no caminho que as músicas percorrem e na forma como as mesmas resultam mais de uma inspiração sentida por parte de Salvi do que propriamente uma composição mais cerebral e cuidada. Não é dizer que tenhamos temas que são toscos ou inacabados. Apenas são mais sentidos, como ter a emoção a sobrepôr-se à razão. Essa emoção traz-nos uma certa visceralidade velada por um sentimento de ambiência que hipnotiza. Como se não houvesse nada melhor no mundo. E no momento em que se ouve, não há mesmo.

9/10
Fernando Ferreira


Saccaya – “Demo 2022” 

2022 –  Edição de Autor

Interessante one-man band portugesa levada a cabo por Renato Henriques que nos traz esta demo instrumental com um potencial imenso. Se na intro inteligentemente apelidada de “Intro(vert)” ficamos com a ideia de algo mais próximo do rock progressivo/ambient, o que vem de seguida dá-nos um feeling mais próximo do metal a relembrar algumas das paisagens exploradas por bandas como Dream Theater e Fates Warning. No entanto é mesmo a sensação de atmosfera e ambiência que nos cativa como algo refrescante. Algo semelhante ao que o post rock consegue causar mas sem estar preso a essas regras. Resultado, um grande aperitivo para um projecto com muito para dar.

8.5/10
Fernando Ferreira


Ultra Silvam – “The Sanctity Of Death”

2022 – Shadow Records / Regain Records

Segundo álbum deste trio profano vindo das montanhas suecas. Ultra Silvam até pode não ter o nome mais apelativo para uma banda de black metal mas sem dúvida que a sua música compensa toda e qualquer falha de nomenlatura. Temos black metal mais aproximado do thrash metal mas sem propriamente se prender nos lugares comuns daquilo que é esperado por parte de uma proposta de black/thrash metal. A brutalidade é sem dúvida uma parte importante assim como um espírito mais próprio do metal tradicional e o resultado é um álbum que dá grande gozo mergulhar. Black metal a soar refrescante? Obviamente que estamos interessados.

8/10
Fernando Ferreira


GYAOS: DIABOLICAL – “In Accordance With The Prophecy”

2023 – To The Death

One-man band que está longe de ser previsível. Primeiro fica-se com uma má impressão por ser demasiado linear e por fazer mau uso do rótulo black metal mas depois acaba por nos conquistar exactamente por esse facto mesmo. Iniciar um álbum com uma cover, ainda por cima de Atari Teenage Riot, o que poderia levar-nos numa direcção mais industrial do black metal – uma premissa que tende a trazer bons resultados, desde que tenha sempre inspiração no meio. No entasnto, há uma toada mais thrash que acaba por ser aquela predominante e que depressa se torna cansativa. Curiosamente depois de já não darmos nada por este trabalho, essa mesma toada acaba por trazer os seus méritos. Sim, é limitado e sim não é de todo memorável, mas temos aqui bons riffs e temos boas ideias, ainda que sejam muito parecidas umas com as outras.

6/10
Fernando Ferreira


Agora na Google Play Store

Support World Of Metal
Become a Patron!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.