WOM Reviews – Darkened / Ripped To Shreds / Defixion / Lik / Atavistik Death Pose / Torture Ascendancy / Coffins / Oniricous

WOM Reviews - Darkened / Ripped To Shreds / Defixion / Lik / Atavistik Death Pose / Torture Ascendancy / Coffins / Oniricous

Darkened – “Into The Blackness”

2019 – Chaos Records

EP que nos traz uma discografia a ser iniciada, mais concretamente do projecto internacional Darkened que revela uma sonoridade death metal bem bruta e obscura mas com uma apetência para a melodia à la Bolt Thrower – isto sem haver propriamente uma colagem. São apenas três temas (quatro se contarmos com a intro “Into The Blackness”) e é escasso para chegarmos a uma conclusão definitiva, mas o que se ouve aqui é bem promissor.

Nota: 8.5/10
Review por Fernando Ferreira

Ripped To Shreds – “Demon Scriptures”

2019 – Pulverised Records

Poderíamos judar que os Ripped To Shreds eram suecos que tinham sido resgatados no tempo, algures da década noventa, até aos dias de hoje. No entanto, os caractéres orientais (mais concretamente, mandarim) despistaram-nos um pouco. Consta afinal que esta é uma one-man band, composta por Andrew Lee, só que a formação ao vivo é da Ilha Formosa. Desvendado o mistério que nos ocupou bem mais tempo do que aquele que demorámos a decidir que estávamos perante um grande som. Death metal old school e capaz de ir mais longe do que o banal – o épico de dez minutos “Sun Moon Holy Cult Part 1 que tem um esplendoroso solo de guitarra”. Boa surpresa, cheira-me que vamos ouvir falar bastante deste projecto no futuro próximo.

Nota 8.5/10
Review por Fernando Ferreira

Defixion – “Tabella Defixionis”

2019 – Xtreem Music

Depois de duas demos editadas em 2015 e 2016, os norte-americanos Defixion lançam este EP que deixa uma óptima impressão com um death metal tradicional de excelente qualidade. Daqueles que consegue ser simples, eficaz mas também demonstrar grandes pormenores técnicos. O death metal dos E.U.A. demonstra estar em muitas boas mãos.

Nota: 8.5/10
Review por Fernando Ferreira

Lik – “Sthlm Death Metal”

2019 – Metal Blade Records

Vinil limitado que os Lik lançam pouco mais de um ano do excelente “Carnage”. Tal como o nome indica, o que temos é death metal de Estocolmo, algo que não é novidade para ninguém por esta altura. Tema novo na forma de “Revel In Gore” e dois temas ao vivo, “Rid You Of Your Flesh” e “Embrace The End”, sempre com aquela classe bastante característica que nós não nos conseguimos fartar. Para os entusiastas de vinil, já que não está disponível em mais nenhum formato, é uma excelente aquisição.

Nota 8/10
Review por Fernando Ferreira

Atavistik Death Pose – “Atavistik Death Pose”

2019 – Woooaargh

Cru, sujo (javardolas mesmo) e com o punk à flor da pele, não é difícil de perceber que estes Atavistik Death Pose estão zangados e com vontade de arrear no sistema. No que nos diz respeito, até que é bem arreado porque o sistema está a precisar de um valente abanão. Mistura entre o metal extremo mais primitivo e a simplicidade do punk resulta num EP que pouco mais tem de dez minutos mas garante diversão para muito mais.

Nota: 7/10
Review por Fernando Ferreira

Torture Ascendancy – “D.E.M.O.S”

2019 – Edição de Autor

Death Metal nunca foi o meu forte, talvez por não me ter deparado ainda com uma banda que realmente possua aquele elemento que mude tudo. Até lá, mantenho-me à distância, até ao dia em que… tudo mude. De qualquer maneira, deparei-me com estes Torture Ascendancy e o seu mais recente trabalho, de 2019, “D.E.M.O.S”. É claramente, e sem margem alguma para dúvidas, Death Metal. Tem aqueles riffs de guitarra, aquelas vocalizações, aquelas linhas de baterias, ora imensamente rápidas ou lentas e groovy. Verdade seja dita, os meus pontos de comparação não são muitos, nem serão os melhores mesmo no que ao Death Metal se refere, mas todo este trabalho me soa sobremaneira genérico e fastidioso. As variações são mínimas e reduzidas. A prestação vocal é, tal como a linha intrumental, previsiva e enfadonha. Todos aqueles que encontram, no Death Metal, prazer sonoro, quiçá aqui se encontrem. Eu, pessoalmente, não foi desta que me converti ao género… mantenho o “Scream Bloody Gore” como o meu Holy Grail do Death Metal.

Nota 3/10
Review por Daniel Pinheiro

Coffins – “Beyond The Circular Demise”

2019 – Relapse Records

Depois de seis anos de espera, aqui está o novo o álbum dos Coffins. Não foram bem seis anos aborrecidos sem nada da banda até porque desde então eles lançaram sete splits, dois Eps e uma compilação. Agora “Beyond The Circular Demise”, o quinto álbum de originais, tranz-nos mais uma dose daquela mistura de death metal arrastado e javardo e que por vezes é lento o suficiente para entrar nos domínios do doom. Das profundezas mais negras, temos algo a provar que nesta vida há muito mais para além de som comprimido e de produções cristalinas. E é tão bom assim.

Nota: 8/10
Review por Fernando Ferreira

Oniricous – “La Maldición”

2019 – Black Seed Productions

Belo regresso dos nuestros hermanos Oniricous, uma banda com dois álbuns editados e que nos mostra que está mais que pronta para o terceiro. Death metal old school mas com uma produção forte qu nos agrada muito aos ouvidos. “La Maldicion” apesar de ser um EP e de ter quase vinte minutos, não deixa de soar a pouco. O impacto é bastante positivo o que significa que antes de acabar de terminar esta frase, vai-se dar mais uma rodada à rodela. Só para matar saudades.

Nota 9/10
Review por Fernando Ferreira

<
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.