WOM Reviews – Espiral – “Cuando Vuelve El Sol”

Sabes aqueles álbuns que, quando os pões a tocar, dás por ti a pular, cantar, vivendo o momento como se estivesses num concerto? Este novo álbum dos Espiral é assim. “Cuando Vuelve El Sol” é o quarto álbum da banda, mas o primeiro com a voz de Alberto Mateos. Começa com “Arcanum” (“misterio” em latim), um tema instrumental que nos desperta a curiosidade para o que vamos ouvir, para o mistério que os Espiral nos prepararam. É um tema que nos conduz a uma nova dimensão, a algo interior, mas que desperta um sentimento de libertação, que termina com os passos de quem caminha para o futuro. O que se segue é puro Heavy Rock, uma bomba de adrenalina, de que já tínhamos saudades.

O tema “Cuando Vuelve El Sol”, o primeiro deste trabalho, é a abertura perfeita.  Voz de Alberto continua forte e melódica, como era há vários anos atrás e é pura energia. É impossível não começar a cantar à primeira audição, marcando o ritmo com o pé e abanando a cabeça. Podia dizer, de forma simples, que os seguintes oito temas são temas dos álbuns anteriores, com novos arranjos e uma versão de uma canção de Tharna. Mas é muito mais que isso. O que se segue são oito temas novos com letras de álbuns anteriores. Os arranjos realizados por Espiral transformaram os temas, que outrora foram mais nostálgicos, em música enérgica, roqueira e cheia de ritmo, sem perder o carácter melódico que sempre os caracterizou.

A bateria de António está mais forte e rápida que nunca, as guitarras de Luis e Jose conduzem-nos a sons mais pesados e o baixo de Rogelio é o pulsar de um álbum que se podia chamar “Vida” E chegamos ao último tema: “Una Noche Más”, versão de um original de Tharna, banda de culto de Ceuta (e da qual Alberto foi vocalista). E se “Cuando Vuelve El Sol” é a melhor abertura, “Una Noche Más” é a apoteose final. É a última da noite, a que se canta de olhar fixo na banda, a que a banda dedica ao publico, a que se deve repetir no encore! Atrevo-me a dizer que a versão é melhor que o original. Depois de ouvires, tens vontade de gritar: “Só mais uma”. É pouco e a única solução que tens é clicar no “repeat” e ouvir novamente.“Cuando Vuelve El Sol” é, sem dúvida, um excelente álbum de Heavy Rock, como não se fazia há muito tempo. E deixa-nos um grande desejo de mais!

Nota 9.5/10 (Só não leva nota máxima porque gostava que tivesse mais temas novos)
Rosa Soares


 

Support World Of Metal
Become a Patron!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: