WOM Reviews – H.E.R.O. / Damokles / Hok-Key / Enemy Of The Enemy

H.E.R.O. – “Alternate Realities”

2022 – Mermaid

Terceiro álbum para estes dinamarqueses que fazem bom uso das sonoridades modernas e electrónicas. Se são alérgicos às sonoridades mais modernas, então é melhor mesmo fugirem porque é mesmo isso que temos aqui embora não possamos dizer que seja uma sonoridade que visa apenas apanhar os que estão habituados à mesma fórmula – embora possa parecer isso a um nível superficial. Trata-se de um álbum onde o foco está mesmo nas canções e que dessa forma assume-se simplesmente como um álbum voltado para isso. Como se fosse um best of dos maiores sucessos da banda, cada tema tem esse potencial. Para quem gosta do seu rock/metal moderno, há poucos que se possam comparar.

8.5/10
Fernando Ferreira


Damokles – “Nights Come Alive”

2022 – Vinter

Álbum de estreia dos Damokles, banda vinda de Noruega, relativamente recente mas que demonstra já ter uma segurança e confiança de veteranos. O seu som é uma mistura muito interessante de alternativo com pós-punk e até pós-hardcore, sendo que “Nights Come Alive” é um álbum bastante dinâmico sem ser uma manta de retalhos. Indicado para quem procura ser surpreendido mas que também não cria expectativas. Estes dois estados de espírito são a receita ideal para ficar fã de “Nights Come Alive”.

8.5/10
Fernando Ferreira


Hok-Key – “In Existence”

2022 – WormHoleDeath

Se eu disse que não sabia muito bem o que esperar deste álbum, provavelmente iriam achar que seria por causa da capa. Uma presunção válida tendo em conta os factos mas a verdade foi mesmo devido ao som (a capa surgiu depois para colocar mais achas para a fogueira). O álbum começa com uma intro que consegue criar o mood ideal para uma proposta dentro do black metal melódico mas o que vem a seguir é uma espécie de Crematory light e ainda mais melódico. Bem feito, atenção e cheio de ganchos mas ao mesmo tempo um pouco cheesy que faz com que se sinta uma certa resistência proporcional. Isto porque as melodias são vencedoras e as canções, tire-se um exagero ou outro na forma (melodia, arranjos, artificialismo), temos um álbum interessante e uma banda que é tão estranha quanto interessante. Esperamos ouvir mais.

7/10
Fernando Ferreira


Enemy Of The Enemy – “The Last Dance”

2022 – WormHoleDeath

Os Enemy Of The Enemy são franceses e têm uma sonoridade que anda pelos campos do groove e do alternativo mas curiosamente a primeira banda que me surgiu como referência foram os Clawfinger. Calma, não tem nada a ver. É sobretudo pela voz de Adrien Cavalier (ainda que por aqui usa uma vertente bem mais gutural) já que instrumentalmente estão bem distantes com uma abordagem mais orgânica e sem qualquer tipo de influência industrial, havendo apenas ligação por algum do groove. Sem ser sobejamente eficaz, é um álbum que consegue cativar o q.b. e que talvez até nos faça voltar a ele no futuro.

6.5/10
Fernando Ferreira


Agora na Google Play Store

Support World Of Metal
Become a Patron!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.