WOM Reviews – Pure Reason Revolution / Caliban / Above All / King Satan

Pure Reason Revolution – “Above Cirrus”

2022 – InsideOut Music

Above Cirrus é um album de rock pouco convencional dos ingleses Pure Reason Revolution. A sua sonoridade é largamente influênciada pelo rock alternativo, progressivo, pop rock (e até umas pitadas muito leves de stoner), mas também é notado que neste trabalho tenta-se fugir aos moldes do rock contemporâneo, algo que de facto é alcançando. Apesar da banda apresentar um trabalho instrumental bastante interessante, nomeadamente nas cordas e no teclado/sintetizador, o foco vai para a voz que demonstram ser o elemento mas volátil de todo o conjunto e mais apelativo, apesar de ser um estilo de vocal que normalmente não aprecio. Depois de uma rápida audição deste trabalho, qualquer um percebe que está na presença de um autêntico Frankenstein, por todas as faixas incorporarem elementos tão distintos que jamais poderia funcionar. Mas adivinhem; funciona e bastante bem. Tinha tudo para não gostar do trabalho na teoria, e acabei por achar um dos melhores do mês.

8.5/10
Matias Melim


Caliban – “Dystopia”

2022 – Century Media

Os Caliban estão de volta e atrevo-me a dizaer que me dizeram até questionar se os conhecia. Passo a explicar. Apesar de ser uma banda que acompanho relativamente, o primeiro impacto com este “Dystopia” deu-me vontade de ouvir melhor o que está para trás porque o que está presente álbum é tão catchy e viciante que vai contra a ideia que eu tinha de um metalcore violento do som da banda. É certo que as nuances melódicas aqui apresentadas não surgem do nenhures, sempre estiveram presentes no som da banda mas também é inegável a forma como há um passo em frente evolutivo, onde a banda arrisca por algo mais melódico tentando manter o foco também no peso, algo que nem sempre consegue. Mas isso não é mau, tal como “Dystopia” não é um mau álbum. Aliás, é bastante bom, e os fãs com horizontes alargados o suficiente para isso vão conseguir apreciar essa amplitude que resultaram em temas memoráveis e que se mantém na cabeça em qualquer tipo de problema.

8.5/10
Fernando Ferreira


Above All – “Disarm The Gods”

2022 – Edição de Autor

Os Above All foram uma daquelas bandas que impressionaram, lançaram um álbum e depois desapareceram. Surgiram numa altura em que ainda não havia bem a noção do que era o metalcore – o termo só surgiu muitos anos depois – mas que eles já executavam com grande raça. Hardcore com o metal a dar-lhe o devido peso e a soar refrescante para além de obviamente energético. A banda voltou por alturas do confinamento em 2020 e agora aqui está o primeiro trabalho em vinte e seis anos. São só três músicas mas têm poder suficiente para nos deixar tanto impressionados como desejosos de ouvir mais.

8/10
Fernando Ferreira


King Satan – “Occult Spiritual Anarchy”

2022 – Edição de Autor

King Satan está aqui. E o seu metal industial não é para todos. Mesmo sabendo que assim é, esta proposta de King Satan ainda é para um grupo menor. Isto porque a voz gutural própria do death metal a um instrumental demasiado óbvio dentro do industrial. Principalmente pelo som dos teclados que nos faz pensar aquela fórmula da década de noventa que nos trouxe coisas tão temíveis como a banda sonora do “Mortal Kombat”. Nem tudo é mau, apesar da abordagem. Há alguns momentos bem conseguidos – “The Pagan Satan” é quase um mantra dos infernos que não nos larga da perna como um cão com vontades – mas no geral, para quem for atrás do rótulo “industrial” metal talvez saia desiludido. Sem expectativas, entretém.

5.5/10
Fernando Ferreira


Agora na Google Play Store

Support World Of Metal
Become a Patron!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.