WOM Streams – Novo EP de MISS CADAVER “Mundo Cabrão” já disponível para PRE-ORDER!

Novo EP de MISS CADAVER “Mundo Cabrão” e t-shirt já disponível para PRE-ORDER!
CD: €7 (c/ €1.15 portes)
T-shirt: €10 (c/ €1.5 portes)

“PROMO PACK” CD + t-shirt (qualquer tamanho ou cor, se pré-encomendado): €15 (c/ €2 portes)

misscadaver@gmail.com / PM @ www.facebook.com/misscadaverpunk

Lançamento Oficial: 01 de Março de 2019
Formato: CD-r (limitado a 100 exemplares) c/ impressão jacto de tinta + verniz de acabamento
Embalagem: Bolsa de cartão em cartolina reciclada de 300 gramas (cores) fechada c/ celofane
Duração Total Aproximada: 13 minutos
Gravado no estúdio “15 STEPS UP” em Arruda dos Vinhos durante 2016
Música & Letras: Rui Vieira excepto “Mundo Falso” (letra adaptada do original por Rui Vieira e música por Simbiose)
Produção: Miss Cadaver
Mistura & Masterização: Paulo Vieira
Artwork: O Gatuno (instagram.com/el_gatuno | facebook.com/Gatunoilustra)
Estilo: Punk | Crust | Thrash | Crossover
Letras: Português

Rui Vieira – Voz | Guitarra | Baixo

Helder Rodrigues – Bateria

A Raiva Continua…

Depois do álbum de 2017 “Mänifestvm Raivus”, trabalho que foi muito bem recebido pela crítica especializada e por quem acompanha a banda, é agora lançado um EP com 3 novos temas originais e uma cover de Simbiose, seminal banda crust portuguesa e que é uma das grandes influências (assumidas) de Miss Cadaver. Estas músicas são remanescentes da gravação de “Mänifestvm…”, faixas que, na altura, não foram incluídas no alinhamento final do segundo álbum do projecto criado por Rui Vieira e que conta com a colaboração de Helder Rodrigues na bateria. Não se tratam de temas “menores” ou “restos” mas antes fruto de uma decisão consciente de Rui que, na altura de fechar o alinhamento do álbum, decidiu não incluir estas músicas para que o mesmo não ficasse com excesso de tempo e o conjunto final saísse prejudicado quebrando a sua fluídez. Também ficou logo alinhado “mentalmente” que estes temas seriam lançados num posterior split ou EP. E ele aqui está: “Mundo Cabrão” é o novo filho de Miss Cadaver em 2019, o ano em que o projecto cumpre 10 anos de existência!

Musicalmente, nestes 4 temas (que perfazem cerca de 13 minutos) encontramos bastante diversidade, como é habitual em Miss Cadaver. Em “Ao Ponto Que Isto Chegou” – uma das melhores composições de sempre de Miss Cadaver -, a melodia atinge o seu auge. As camadas de voz e leads de guitarra sobrepõem-se, sempre acompanhadas por um baixo pulsante e uma bateria incrivelmente viva. O segundo tema, “Anarkos”, era para ser instrumental mas acabou numa espécie de “spoken word” com o seu ritmo cadenciado mas em crescendo. Mais thrasher, sem dúvida. “Mundo Falso” foi um desafio superado. Adaptado a partir de “Fake World”, tema do primeiro álbum de Simbiose – “Naked Mental Violence”, a malha manteve a sua extrema agressividade original mas ficou com uma roupagem diferente e curiosa. “Nova Raiva” é puro Therapy?, outra banda reverenciada por Rui. “Troublegum”, mítico álbum dos irlandeses, é uma constante influência e este tema respira a atmosfera, os riffs e os leads desse marco na música alternativa mundial.

Sobre a mensagem nestas 3 (+1) músicas, mais uma vez, Rui não perdoa e dispara para todos os lados. “Ao Ponto Que Isto Chegou” é sobre o futuro que queremos deixar aos nossos filhos através das nossas acções, muitas vezes reprováveis e de conduta errática. “Anarkos” é o relato de uma manifestação com toda a indignação possível e “Nova Raiva” é sobre aquele “colega” (por exemplo, de trabalho) que ri para ti mas que te fode assim que pode. “Mundo Falso” – cover de Simbiose – é sobre acreditar, basicamente, em nada nem ninguém pois as tuas costas estão sempre prestes a ser apunhaladas! Uma adaptação de “Fake World” (música do seu primeiro álbum) e que foi incluída na compilação CD “Simbióticos” de tributo pelos seus 25 anos a “crustar”, comemorados em 2017. A compilação foi lançada pela editora Raging Planet e encontra-se disponível.

O artwork do EP foi executado por O Gatuno! A capa funde o universo de lendas de Arruda dos Vinhos (“casa” de Miss Cadaver) e música/influências do autor, Rui Vieira. Do lobisomem (satânico) “punk”, ao chafariz pombalino, à Bruxa d’Arruda ou ao gigante (contracapa) até às referências musicais (Censurados, Crise Total, Simbiose, DOOM ou Toy Dolls), o resultado final é, no mínimo, surpreendente!

Por falar em Simbiose, uma influência assumida e presente na capa (como forma de tributo), este EP é dedicado ao Sérgio “Bifes” Curto, (ex-) baixista de Simbiose que, lamentavelmente, perdeu a vida num acidente de viação em 2018.

Esta é a minha homenagem ao Sérgio pois conheci-o pessoalmente e o que me ficou foi o de uma pessoa íntegra e, sobretudo, boa onda. Descansa em paz, caro Bifes!” – Rui Viera


Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: