Zodiac – “Grain Of Soul” Review

Os Zodiac podem encaixar-se na vertente retro embora aqui surjam bem mais modernos do que aquilo que nos soavam antes, como se tivessem passado da década de setenta para a década de oitenta, o que é uma sensação estranha já que pensávamos que as bandas retro ficam retidas no mesmo espaço temporal, mas ao que parece, também podem avançar e progredir. Agora falando a sério, a banda surge aqui com uma sonoridade diferente, não tão vincada na década de setenta, mas mantém o bom amor ao hard’n’heavy conseguindo atingir alguns momentos verdadeiramente bons.
No entanto, há realmente uma sensação de confusão, porque as primeiras músicas parece que não batem bem com aquilo que conhecemos deles – “Rebirth By Fire”, “Animal” e “Follow You” – mas aos poucos vamos entrando na onda do álbum, onde um tema como “Down” também ajuda imenso e as coisas vão correndo bem, até que surgem temas como “Ain’t Coming Back” e “Get Out” que acabam por nos confundir outra vez. Chegamos ao final sem uma opinião sólida. Mesmo depois de algumas audições. A nossa sorte é que não é um álbum difícil de ouvir. É boa onda e ouve-se mesmo bem, no entanto, este é um factor que pode levar à irritação para os menos pacientes.
No final conseguimos ver que a banda não perdeu a sua habilidade técnica, que continuam a fazer grandes músicas – isso nunca esteve em questão. O grande problema mesmo é que este álbum soa previsível e seguro. Não arrisca. Era quase preferível que fosse chapadamente retro do que fazer um álbum quase radio friendly que chega a soar banal demasiadas vezes. Depois de alguns anos de espera, este “Grain Of Soul” tem potencial para desiludir, mesmo apresentando algumas grandes músicas e excelentes solos de guitarra mas infelizmente apenas isso não chega quando já nos mostraram bem melhor.
01. Rebirth By Fire
02. Animal
03. Follow You
04. Down
05. Faithless
06. Crow
07. Ain’t Coming Back
08. Get Out
09. Like The Sun
10. Sinner
11. Grain Of Soul
Duração 43:14
Nota 6.3/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.