Bad Boys II Review

Neste regresso, como seria de esperar temos mais acção, mais destruição e mais uma grande quantidade mortos. Martin Lawrence e Will Smith estão de volta como Marcus Burnett e Mike Lowrey. Desta vez os dois agentes andam no encalço de um grande carregamento de ecstasy que entra engenhosamente nos E.U.A. através de caixões para uma agência funerária de fachada e pela qual enviam o dinheiro para Cuba – porque toda a gente sabe que Cuba só subsiste através do dinheiro de narcotraficantes. O chefão desta organizção é o cubano Johny Tapia que é o responsável pelo tráfico de droga de Fidel Castro. Pelo meio temos também um grupo de KKK, jamaicanos e o exercito cubano. 
Confusos? 
Não estejam, o filme é de longa duração e isto dilui-se mais ou menos bem, até porque o cérebro não é muito necessário para se apreciar o filme. Em relação aos dois parceiros, Burnett está no limiar de pedir transferência por estar farto de Lowrey e Lowrey tenta esconder de Burnett que anda com a sua irmã Syd (Gabrielle UnionFrom The Cradle To The Grave) que por acaso (só por acaso) trabalha para a D.E.A. (Drug Enforcement Agency). 
Em relação ao primeiro filme, mantém-se a dinâmica entre Smith e Lawrence embora o foco seja mesmo a acção. De forma algo exagerada mas isso também já seria de esperar, notando-se aqui que Michael Bay já estava louco para destruir coisas. Existem algumas partes curiosas como por exemplo invadir Cuba. Ah… se todos os problemas fossem todos tão facilmente resolvidos como nos filmes do Michael Bay onde basta termos um helicóptero a voar para o pôr de sol e bandeira americana a esvoaçar enquanto alguém salta em câmara lenta para salvar o dia… Enfim, entretem mas fica a sensação que é tudo um pouco exagerado demais. Salienta-se ainda a participação de Henry Rollins no início do filme.
Nota 6/10
Esta review tem o apoio de EMP
Black Friday EMP
Celebra el Black Friday con EMP y consigue 5€ de descuento en compra. Compra mínima de 40€.

TT5OFF

Oferta válida del 25 al 28 de noviembre de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.