Fabrik Fabrik – “Fabrik Fabrik” Review

01. Alles ist Fabrik  
02. Modell  
03. In Bahnen  
04. Fieber  
05. Nägel mit Köpfen  
06. Letzter Marsch  
07. Moralspirale  
08. Kein Wort  
09. Der Tod ist ein Meister aus Deutschland 
Duração 25:12
Álbum de estreia de uma colectividade que tem tanto a dever ao punk, hardcore como ao pós-rock, tanto pela a sua atitude e componente lírica de inconformismo social, sendo que a actual socieadade moderna é um dos seus principais alvos. Ou pelo menos é o que entendemos já que as letras são em alemão e o nosso alemão está para lá de enferrujado. Quando à componente instrumental, o pós-rock conjuga-se com a sonoridade mais própria do punk e da new wave para trazer-nos uma mistura que poderá estranhar-se mas que rapidamente se entranha.
Emocionalmente violento, este álbum não é fácil de ouvir mas é aquilo que nos causa dificuldades em ouvi-lo que também nos atrai nele. Com apenas vinte e cinco minutos de duração, este álbum auto-intitulado é violento, é barulhento, é desafiante, pode-se encaixar nas mais recentes categorias do rock alternativo como o screamo ou simplesmente pós-hardcore mas são bandas como os Fabrik Fabrik que nos fazem perceber que os rótulos são servem até a um certo ponto. Quando a música fala mais alto, tudo o resto se cala.
Para quem gosta de um bocadinho do som de ontem, com um pouco dos tiques de hoje aliada à inconformidade de sempre, então este é um LP mais que recomendado, é obrigatório.
Nota 7.5/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.