Margaret Catcher – “Singularity” Review

1. Not Too Bad
2. Emergency
3. We Want More
4. New Transe
5. Interlude I
6. Zouki Zouki
7. Gus Da Fisher
8. Alex Quid
9. Singularity
10. Doo Wop
11. Interlude II
12. TER (Acoustic Version)
Duração 30:28
O retro não se limita a rock clássico da década de setenta reciclado. Há muitas formas de se evidenciar e uma daquelas que mais nos enche de curiosidade é a do retrosynth, ou seja, pegar na música electrónica da década de oitenta e apresentá-la muitas vezes com algumas variantes que não desvirtuam o que conhecemos do género. Margaret Catcher (excelente trocadilho) é um duo que se resume a sintetizador e a um baixo. Poderá parecer demasiado minimal mas o que é certo é que a média de resultados é positiva. Não resultará de todo para os alérgicos a esta era específica da música, mas aqueles que têm espírito aberto vão receber de braços abertos temas como “Not Too Bad” e “Zouki Zouki”.
Nota 6.5/10

Support World Of Metal


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.