Medevil – “Conductor Of Storms” Review

Se há uma banda que agitou as águas com o seu álbum de estreia, este mesmo “Conductor Of Storms” que é o motivo de todos estarmos aqui reunidos, é a entidade conhecida como Medevil. Com o seu nome a surgir um pouco por todo o lado e com o tom geral das críticas a ser muito positivo, há mais que motivos suficientes para que a nossa curiosidade seja desperta – na realidade a nossa curiosidade ficou despertada logo pelo nome da banda, mas não queremos que pensem que somos assim tão fáceis, há que manter uma fachada de respeito.
O que nos salta logo aos ouvidos é a voz de Liam Collingwood que nos traz muitas semelhanças com a de Udo Dirkschneider embora instrumentalmente a referência vá para coisas bem mais tradicionais no que ao heavy metal diz respeito – isto é, nomes não tão óbvios como Manilla Road e Witchfinder General. O que para nós é excelente, além de ser refrescante. Nada disso tem validade se as músicas em si não tiverem a capacidade de perdurar – e que heavy metal clássico seria se não durasse mais do que apenas algumas audições?
Felizmente “Conductor Of Storms” cerca-nos bem de muitas músicas boas, dando-nos até um pouco de variedade e dinâmica quando tal se julgava difícil, onde temas como a sequência “In The Distance”/”The Angel Of Rain” ou a épica “The Fable Uxoricide” que nos trazem outras paisagens mais a atirar para o progressivo, mas sem nunca esquecer que heavy metal is the law. E é viver com isto em mente que os Medevil provam que fazem. Lançam um álbum por conta própria e causa sensação um pouco por todo o lado. Se isso não é viver o sonho, não sabemos bem o que raio a expressão quer dizer afinal. Uma excelente estreia e uma banda a ter em consideração para o futuro.
1. Nightwalk
2. Machination Factory
3. An Empty Glass
4. In the Distance
5. The Angel of Rain
6. A Sacrifice
7. Escape
8. The Fabled Uxoricide
Duração 45:52
Nota 8.5/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.