Underworld – Evolution

Será que uma sequela do Underworld será mesmo uma evolução? Normalmente as sequelas têm tendência a apresentar mais efeitos especiais, mais explosões, mais de tudo. No entanto também é comum termos menos. Menos história, menos sentido, menos incoerência. Para que lado pende a balança aqui? Bem, para já uma ligeira desilusão com o pormenor da personagem de Scott Speedman, Michael. O salvador do filme anterior parece ser apenas um apêndice que atrapalha e precisa de ser constantemente salvo. Depois os pormenores da história parece que soam forçados demais para fazer sentido neste filme, se tivermos visto o primeiro anos atrás. E talvez esteja a ser muito exigente, mas sendo um apreciador de sagas (mesmo das manhosas) e um fanático da continuidade de capítulo para capítulo, existem por aqui coisas que simplesmente não fazem sentido – principamente a personagem de Marcus, supostamente o primeiro vampiro. Ainda assim, para quem apenas quer desligar o cérebro um bocado e gostou do primeiro filme, até poderá divertir-se um bocado. A questão principal acaba por ser o facto deste filme não ter envelhecido bem. Na altura, com toda a questão da Entrevista Com O Vampiro e Twilights e afins, toda a questão do Underworld, vampiros e lobisomens soava fresca. Como as coisas mudam em pouco tempo.

[amazon_link asins=’B000F8O1MA’ template=’ProductGrid’ store=’woofme-21′ marketplace=’ES’ link_id=’b4d1a851-c3e7-11e7-a418-4f514bc3be38′]

Nota 6/10

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: