WOM Report – Attick Demons, H.O.S.T. @ Metalpoint, Porto – 27.10.18

Ontem, 27 de Outubro, foi o dia em que os Attick Demons fizeram o lançamento das suas cervejas artesanais, resultado de uma parceria com a Cervejeira Sadina. A cidade escolhida para a apresentação oficial da “Ghost” e da “Dark Angel” ao público e à imprensa, foi o Porto e alguns dos seus mais emblemáticos espaços da história do Metal e do underground nacional.

 O dia começou cedo, na capital e na Invicta, onde uns se preparavam para uma viagem rumo ao Norte e outros tratavam dos últimos preparativos para os três eventos que iriam decorrer: Concerto no Metalpoint com os H.O.S.T. a fazerem a abertura, Meet & Greet na Bunker Store e Lançamento Oficial da Cerveja no Restaurante Celta Endovélico.

Na Bunker Store, Attick Demons e H.O.S.T., receberam e foram recebidos de forma muito calorosa e familiar. O convívio entre fãs, amigos e bandas foi pontuado de conversas, autógrafos, fotos, muita música e prova das cervejas, que conquistaram o palato, até dos mais cépticos.

Seguiu-se o Lançamento Oficial das Cervejas Attick Demons, evento realizado com o apoio do Restaurante Celta Endovélico. Mais uma vez, o calor humano que se fez sentir num final de tarde com temperaturas já outonais, deixava antever uma grande noite de heavy metal. “A “Ghost“ e a “Dark Angel” foram as rainhas, entre espadas e artefactos medievais, que serviram de cenário e adereços fotográficos, para os mais destemidos.

E finalmente chegou a noite e com ela a grande expectativa. Há cerca de dois anos que os Attick Demons não tocavam no Porto, e seria a primeira vez que o fariam no Metalpoint, com os H.O.S.T. a fazerem a abertura da noite. E assim foi, os H.O.S.T. abriram com “Mesmerize Me”, último tema do EP “Bastard of the Fallen Thrones”, escolha pouco convencional para abertura, sendo este um tema calmo onde a voz de Gerrit Dries é apenas acompanhada pela guitarra de Filipe Moreira. Mas se a abertura foi calma, a restante prestação dos H.O.S.T. aqueceu bem o público presente, que continuava a chegar. A bateria de Augusto Peixoto, o baixo da Vera Sá, as guitarras de Carlos Barbosa e Filipe Moreira, acompanharam a voz de Gerrit Dries numa prestação cheia de energia e atitude em palco.  Para além das músicas do EP, os H.O.S.T. tocaram ainda dois temas novos e uma cover de “I Died For You” dos Iced Earth.  Gerrit, cuja imagem preenche o palco, não deixa que isso ofusque os restantes elementos da banda, que irrepreensivelmente, fez uma abertura digna de banda cabeça de cartaz.

E chegava a vez dos anfitriões da noite, os tão esperados Attick Demons, que nos brindaram com mais uma das suas fantásticas prestações. Sendo uma das bandas de heavy metal português, com mais anos consecutivos no activo (vinte e dois, tantos quantos os anos da banda), estes cinco demónios não dão sinais de cansaço nem de adormecimento de garra ou paixão. Assim que começam, os seus concertos transformam-se numa descarga de energia que não deixa ninguém indiferente. O heavy metal clássico que os caracteriza, as guitarras melódicas e irrequietas de Nuno Martins e Luís Figueira, o baixo poderoso de João Clemente, o som forte da bateria de Ricardo Oliveira e a voz encorpada e melódica de Artur Almeida, fizeram vibrar o Metalpoint, ao longo de doze temas originais da banda e uma cover de “Run To The Hills” de Iron Maiden. Sem dar sinais de cansaço, quer da banda quer do público, houve ainda tempo para um encore, onde “Back In Time” e “Atlantis” fecharam a magnífica prestação da banda, numa noite que já ia longa (valeu-nos ser noite de mudança de hora, que deu para enganar os mais distraídos).

Foi um concerto memorável, num espaço bastante acolhedor e onde o som é bem acima da média. O público foi exemplar, e desde o início mostrou que estava ali para agarrar a noite! Os Attick Demons estão, actualmente a trabalhar no seu novo álbum, e até ao fim do ano têm na agenda concertos em Espanha e Ceuta. Aguardamos novidades e esperamos que o regresso à Invicta não seja tão espaçado no tempo, como foi este. Expectativas superadas!

Texto por Rosa Soares
Fotos por Pedro Amorim e Rui M. Leal
Agradecimentos Attick Demons, H.O.S.T, Bunker Store, Celta Endovélico, Metalpoint e Lado B


 

[quadsvi id=1]

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: