WOM Report – Doomed Fest @ ASDREQ, Viseu – 09.02.19

We Shall Be Doomed!

 

No passado sábado, dia 9 de fevereiro, ocorreu a primeira edição do Doomed Fest na ASDREQQuintela de Orgens, Viseu. Este é um festival que surge após uma conversa entres os elementos de Basalto, organizadores do festival, cujo tema foi “Como o Underground funciona” e após terem chegado á conclusão de que é necessário alguém ter a iniciativa de ajudar as bandas que se encontram no mundo do Underground. Para que estas possam chegar cada vez mais longe e a mais publico. Tendo percebido isto, a banda meteu mãos à obra e anuncia a primeira edição do festival! Edição essa, que contou com um cartaz de impor respeito, com nomes como Alpaca, Basalto, Painted Black e Grapeshot.

Com a sala ainda a meio gás, os chineses Alpaca deram início as festividades com uma atuação que ia aumentando de intensidade ao longo do tempo, assim como a sala que ia ficando cada vez mais cheia. A banda proveniente de Xangai presenteou o publico não só com uma setlist que contava com temas do seu álbum, tais como “All Will Fail” e “Only The Light Knows” e alguns dos singles mais recentes, como “Pulled Apart by Horses”, mas também com um diálogo em Português o que levou a uma proximidade ainda maior entre os músicos e o publico.

Já com a sala totalmente cheia, a segunda banda a entrou em palco. Os Basalto, que mais uma vez mostraram o porquê de ano após ano crescerem cada vez mais, quer a nível nacional quer internacional. Apresentaram uma setlist onde mostraram o melhor do seu Doom, tocando também pela primeira vez ao vivo uma das músicas que irá fazer parte do seu próximo álbum, Odor, cujo lançamento será algures em 2019!

A noite já ia a meio e a sala ficava cada vez mais cheia, com um ambiente cada vez melhor e mais energético. Era hora de os míticos Painted Black subirem ao palco num concerto com boas surpresas. Com um alinhamento onde misturavam sons dos dois álbuns lançados, “Raging Light” e “Cold Comfort”, a banda ofereceu uma intensidade crescente, acabando por desbloquear o último nível de energia do publico. Quando terminam o concerto com o breakdown da Domination de Pantera, como o vocalista Daniel Lucas disse «não é Painted Black mas é parecido», pois enquadrou-se na perfeição com o final de “Via Dolorosa”.

Para terminar a noite os Grapeshot entraram em cena com já com o publico no seu máximo de energia, os espanhóis mantiveram a energia e a boa disposição. A setlist foi maioritariamente constituída por musicas que se encontram no álbum “All About to End” e sendo este um álbum com temas mais acelerados, tais como “Naked Emperor”, com um estilo muito próximo de Grind  e “Calumet” onde se encontram várias semelhanças com os Pantera. Levou a que o publico fosse fazendo alguns circle pit ao longo da atuação, mostrando assim que a energia continuava bastante presente naquela sala de concertos.

 Ao longo da noite houve também espaço para agradecer a todos os presentes que saíram do conforto de suas casas numa noite onde o frio era senhor em Viseu, mas que não se fez sentir em Quintela de Orgens. Comprovando assim o que se já tem vindo a demonstrar há muito tempo, que não interessa que estilo de metal se toque, desde que haja amigos e boa disposição a região centro do pais irá acolher da melhor maneira possível os eventos que sejam feitos.

Texto e fotos por João Pedro Silva
Agradecimentos Doomed Fest & Fora de Rebanho 


Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.