WOM Report – Estreia Heavy Metal Portugal – O Documentário @ Cinemas São Jorge, Lisboa – 08.11.18

A World Of Metal esteve presente na estreia em Lisboa do “Heavy Metal Portugal – O Documentário“, sem dúvida um marco para a nossa música pesada. Uma multidão de fãs, músicos e pessoas ligadas ao nosso som sagrado acorreu às duas salas reservadas para a exibição no São Jorge, inserida no festival Muvi – Festival Internacional de Música no Cinema esgotando as duas salas que o exibiam em simultâneo.

Antes do início da sessão, João Mendes, o realizador e principal responsável por todo o trabalho apresentado disse foi algumas palavras ao público, referindo que foi um período muito duro, durante cerca de seis anos, onde sem ajudas e sozinho foi realizando as entrevistas e montando o documentário aos poucos, conciliando com a sua própria actividade profissional. Seis anos que demorou e que muitos duvidavam já que visse a luz do dia. Mas viu e agora é altura de todos nós contribuirmos, porque é importante que estas iniciativas não caiam  no vazio.

Quanto ao documentário em si, é sem dúvida um documento fundamental para a nossa música pesada. Prescindindo de um narrador que guiasse o espectador pela documentário, esse papel cabe a cada um dos entrevistados que contam as suas experiências e que vão dando uma perspectiva da cena. Divide-se em três fases distintas: Os primórdios, a transformação e maturação da cena e o futuro. Talvez o que diz respeito ao futuro pudesse ter sido mais explorado mas tendo em conta que algumas entrevistas já foram registadas há algum tempo, é compreensível que tenha sido um capítulo que serviu mais como epílogo.

Não é fácil condensar mais de trinta anos de história num documento com cem minutos mas sem dúvida que tal foi conseguido de forma exemplar e até fica a ideia de que há espaço para pegar nesta ideia e desenvolvê-la ainda mais – a exemplo da série “Metal Evolution” que Sam Dunn fez a contar a história do metal, que desenvolveu “Metal – A Headbanger’s Journey”. Seja embrionário para algo maior, ou fique por aqui, sem dúvida que é uma peça importante do nosso underground que é fundamental apoiar com a sua aquisição. E esta é uma das grandes conclusões do documentário. Nenhuma cena, em nenhum país, poderá subsistir sem o seu público. A cena que temos sobrevive graças ao amor e paixão de todos os seus integrantes e de projectos como este que nascem do nada graças ao sacríficio e até teimosia dos seus instigadores. Se esse sacríficio não for de alguma forma seguido

Texto por Fernando Ferreira
Fotos Sónia Ferreira
Agradecimentos João Mendes e Muvi – Festival Internacional de Música no Cinema


 

[quadsvi id=1]

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: