WOM Report – Hexis, Teethgrinder, Nematomorphos @ Asdreq Quintela de Orgens, Viseu – 19.10.19

Dia 19 de Outubro, um dia marcado pela presença de chuva intensa na cidade de Viseu. O Fora de Rebanho regressou à cidade para nos trazer uma noite cheia de metal, fazendo com que nos esquecéssemos da chuva.

As portas abriram as 22 horas, mas foi só as 23 que Nematomorphos subiu ao palco para dar início a uma das noites mais energéticas e pesadas que já passaram pela ASDREQ – Quintela de Orgens. A banda de Peso da Régua abriu a noite com o seu thrash metal acelerado, sendo perfeito para começar a aquecer o publico.  Num concerto com cerca de uma hora de duração a banda conseguiu mostrar alguns sons do seu álbum de estreia, cujo lançamento está para breve e pelo que nos foi mostrado o álbum aparenta ser “bastante pesado”.Ao longo desta hora a banda também aproveitou para agradecer aos elementos de Rotten Rights que estavam presentes, pois foi após um concerto deles que Rangel Coutiño teve vontade de procurar músicos para criar este projeto.

Já com casa lotada e os níveis de energias altos era a vez de Teethgrinder subir ao palco. A banda holandesa, que está a fazer tour europeia juntamente com Hexis, veio para marcar presença na história do Fora de Rebanho e conseguiu. Apresentando uma setlist com sons dos seus dois albuns “Misanthropy” e “Nihilism”, sendo o segundo o mais predominante na setlist devido a ser o mais recente. Durante o concerto o moshpit esteve sempre presente fosse com o vocalista no meio ou não, a banda também conseguiu proporcionar algunsmomentos mais intensos no pit com as músicas “Sicarius”, “The Pain Exceeds the Fear” e “The Soil Has a Thrist for Blood”. Podemos afirmar que foi um concerto que deixou marca não só no publico, pois não estava a espera do que lhe foi dado e para o vocalista Jonathan Edwards que saiu de palco com as mãos em sangue.

Hexis foi a última banda a entrar em cena, a banda dinamarquesa anda desde Julho a fazer tour europeia tendo quatro concertos em Portugal, juntamente com Teethgrinder, sendo este o terceiro. A banda quis fechar a noite em grande com o seu som característico e repleto de influências do hardcore e do black metal, sem dúvida uma combinação pouco habitual, mas que funciona de forma impecável nestes senhores. Tocando principalmente temas do seu último álbum “Tendo Ashanti”.

Para além da banda apresentar uma sonoridade diferente do habitual, também apresentou um espetáculo de luzes diferente, com apenas uma luz intermitente atrás do baterista, fazendo lembrar um pouco o ambiente vivido nos concertos de Aluk Todolo. Para alám disto, a banda também era muito restrita nas políticas para fotografar ou filmar não permitindo o uso de qualquer tipo de flash ou luz, o que dificultou muito o registo fotográfico do concerto. Com os concertos terminados o publico teve oportunidade de conviver com algumas das bandas até que a ASQDR – Quintela de Orgens encerrasse.

Texto e Fotos João Pedro Silva
Agradecimentos Fora de Rebanho


 

Support World Of Metal
Become a Patron!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.