WOM Reviews – Rosy Vista / Keith Elford And The Weekend Kings / Damn, This Stuff Is Heavy (Vol. 1)

Rosy Vista – “Unbelievable”

Steamhammer / SPV

Que grande som! Já lançado em Fevereiro, este disco quase que nos passava ao lado mas felizmente que em boa hora o destino o colocou novamente à nossa frente. Hard rock com grande raça por parte do primeiro quarteto feminino (de hard rock, claro está) da Alemanha que apresenta argumentos que nos deixam rendidos. E não, não é cheio de baladas, é mesmo rockão como manda a lei – “Crazy” e “Hopatina” são daquelas músicas que se colam ao cérebro imediatamente, já para não falar na poderosa versão do clássico “Born To Be Wild” que consegue impressionar – e não é fácil, afinal estamos a falar de uma das músicas que mais versões tem por parte de bandas de hard’n’heavy. Inacreditável mas real!

Nota 9/10
Fernando Ferreira


V/A – Neudi Presents: Damn, This Stuff Is Heavy (Vol. 1)

Golden Core/ZYX (Against)

Colecção gigantestca de grandes nomes da música pesada nas sonoridades tradicionais dos últimos quarenta anos, como a própria capa indica. Estamos a falar do underground com alguns nomes que sejam mais reconhecidos mas que de resto apenas os aficionados estarão familiarizados. Tem a particularidade de reunir alguns temas que não são tão óbvios e que são, de alguma forma inéditos, ou pelo menos apresentando versões que são inéditas. Se as compilações perderam o impacto nesta era digital, não deixa de ser uma boa forma de apresentar a uma geração completamente nova, algumas pérolas do passado. Recomendado.

Nota 8/10
Fernando Ferreira


Keith Elford And The Weekend Kings – “Land Of The Living”

Edição de Autor

Blues rock, suave e descontraído. Daquele que vemos a ser tocado nos filmes quando há um encontro num qualquer bar à beira da estrada nos E.U.A. – mesmo que a banda seja britânica. Banal é uma palavra muito forte e ainda assim não deixa de ser uma boa descrição para aquilo que podemos ouvir aqui, onde o rock se sobrepõe ao blues. Boa onda, é certo, mas falta aqui algum punch na voz do amigo Keith. Pode não parecer mas trata-se de um álbum de estreia mostrando que nem sempre é tarde para seguir as suas paixões.

Nota 6/10
Review por Fernando Ferreira


 

Support World Of Metal
Become a Patron!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.