WOM Report – Korpiklaani, Turisas, Trollfest @ Lisboa Ao Vivo, Lisboa – 03.03.19

O Lisboa ao Vivo acolheu uma data da tour “Wayfarers & Warriors” que juntou os noruegueses Trollfest, os filandeses Turisas e Korpiklaani numa grande noite de Folk Metal. Ao entrar na sala os balões presos á bateria e aos stands de microfone já faziam adivinhar o tom divertido do concerto dos Trollfest, que quando chegaram ao palco do LAV já tinham á espera uma plateia bem composta.

Talvez o leitor tenha visto um homem norueguês de barba rija como vestido de princesa a beber uma cerveja. Nesse caso perderam uma boa oportunidade neste espectáculo. Apresentando-se a banda com os ditos vestidos princesa, maquilhagem, meias de rede etc., e o vocalista Trollmannen com o manto de Rei e uma grande coroa feita com balões, os Trollfest começaram com “Fjøsnissens fjaseri” e mostraram bem ao que vinham. Gozar um bom bocado, tocar metal e não levar nada a sério. Houve espaço para uma cover de “Toxic” de Britney Spears, uma linha de conga com o baixista Lodd Bolt á cabeça e bastante humor.

Público que estava no LAV mostrou logo neste primeiro concerto que vinha para ajudar á festa e foi sempre muito vivo. Pelo meio foram apresentando o novo trabalho “Norwegian Fairytales” com temas como “Fjøsnissens fjaseri “, “Kjettaren Mot Strømmen”, “De Tre Bukkene Berusa” ou “Deildegasten”. Não ficaram de fora temas do resto da carreira dos noruegueses como “Steel Sarah”, “Kaptein Kaos” e para encerrar “Espen Bin Askeladden” e “Helvetes Hunden Garm”. É difícil ter melhor forma de aquecer as hostes, assim como é impossível ficar de mau humor com os Trollfest.

Num tom mais sério e épico estiveram os Turisas que entraram ao som de “O Fortuna” de Carl Orff e abriram com “As Torches Rise”, “A Portage To The Unknown” e  “We Ride Together” que deram imediatamente um tom mais grandioso á noite. A gozar de uma boa qualidade de som e com uma setlist que passou por toda a carreira, a banda finlandesa teve uma excelente prestação. Não faltaram temas para cantar em coro como “To Holmgard And Beyond”, “Battle Metal” que teve direito à primeira wall of death da noite, “Hunting Pirates” e a sempre fantástica “Stand Up And Fight”.

O público sempre com muita energia foi correspondendo a cantar e com um mosh pit considerável. Numa actuação com muitos pontos saltos o maior curiosamente talvez tenha sido a cover dos Boney M, “Rasputin” que levou o Lisboa ao Vivo até a loucura. Para encore ficaram “The March Of The Varangian Guard” e “For Your Own Good” tocadas numa vertente acústica com todos os elementos da banda sentados em linha na parte da frente do palco e dando uma nova roupagem estes temas.

Foi por volta das 21:15 como estava marcado e para um palco algo pastorício com cercas de madeira e relva falsas que os Korpiklaani entraram no palco. O grande foco da noite foi “Kulkija” mais recente registo dos finlandeses com a maioria da setlist a incidir nesse álbum. Foi assim que iniciaram precisamente com uma sequência incluiu “Neito”, “Korpikuusen Kyynel” e “Aallon Alla”. Foi cedo que se percebeu que esta mais recente proposta era bastante apreciada pelo público. O primeiro grande momento de festa surgiu com “Man with a Plan” onde mais uma vez o público não parou.

Depois de uma nova sequência de “Kulkija” que teve um momento mais calmo com «Harmaja», os Korpiklaani entraram num género de segunda parte da setlist com temas mais antigos. Num concerto sempre pautado por muita energia e boa disposição o destaque foi para a fantástica “Pilli on pajusta tehty” e o clássico “Wooden Pints” que puseram o público aos saltos e a cantar. Para encore ficaram reservados três temas que fizeram noite acabar em êxtase, iniciando com o momento mais divertido do concerto, “Beer Beer” cantado pelo vocalista dos Trollfest e com os restantes elementos da banda norueguesa voltarem ao palco e a criar e o caos enquanto a plateia se envolvia num grande moshpit. No mesmo espírito de elogio ao consumo de álcool terminamos em grande com “Vodka” e “Happy Little Boozer”. Uma noite imperdível para quem gosta de folk Metal com três bandas que estiveram em grande nível e um público que deu resposta à altura.

Texto por Filipe Ferreira
Fotos por Filipa Nunes
Agradecimentos Lisboa Ao Vivo


Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

3 thoughts on “WOM Report – Korpiklaani, Turisas, Trollfest @ Lisboa Ao Vivo, Lisboa – 03.03.19

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: