WOM Report – Rasgo, All Against @ Theatro Club, Cacém – 29.03.19

Mais uma noite de metal no Theatro Club, desta feita com os Rasgo e com os All Against, duas bandas que prometiam uma grande noite de thrash metal. Prometiam e cumpriam mas outra coisa nem se esperava, afinal, quando é que estas duas bandas deram menos de um grande concerto em cima de qualquer palco.

A noite começou com os All Against, banda que tem marcado presença da melhor forma nos palcos nacionais, com o seu thrash metal moderno, musculado com toques de hardcore mas ainda assim, com toques tradicionais. Tendo passado por uma mudança de alinhamento recentemente – com a saída de Cristiano Estevão na bateria e com a sua substituição por Ricardo Tito – estávamos expectantes em relação à sua prestação. E foi excelente ver que a máquina de debulhar thrash metal não perdeu qualquer impacto. Muito pelo contrário, ganhou ainda mais poder. Isto tudo no primeiro concerto que Ricardo fez com a banda. Uma estreia em grande onde a banda debitou todo o seu repertório sendo que a intro instrumental da praxe e “Rise And Fall” foram a abertura ideal para o que viria, um concerto que foi bem intenso, como a própria música em si.

E não basta deitar cá para fora CDs, EPs, o que for, se depois em cima do palco a intensidade ficar aquém. Em momentos mais nostálgicos, a relembrar os momentos que estiveram na base da criação dos All Against, ainda tivemos a oportunidade de presenciar um “Sociedade Hostil” com a presença de Fuck, vocalista dos Jackie D. e Grankapo. Brutalidade thrash metal com um casa quase cheia e com direito a circlepits e moshes com fartura. “Medusa”, “Feed The Machine” e “Strip You To The Bone” foi a sequência de temas que encerrou uma actuação fortíssima. Tendo acompanhando a evolução da banda desde o lançamento de “Medusa”, diria que os All Against estão mais que prontos para lançar o seu álbum de estreia.

E por falar em álbum de estreia, o “Ecos da Selva Urbana”, lançado em 2017 pelos Rasgo, foi o foco de toda a sua actuação, tendo sido tocado na íntegra mas por uma ordem diferente daquela que o CD evidencia. Começando com uma intro na forma da “Bad Reputation” dos Thin Lizzy, a banda entrou logo a matar com uma “Propaganda Suicida” arrasadora. Acresce a isso o facto de tocarem sempre com o volume no máximo (os americanos dizem que é tocar com o volume no dez, os Rasgo tocam com o volume no onze), mas ainda assim e contrário a outras ocasiões, a qualidade daquilo que tocaram não se perdeu.

Com o público do seu lado, a animação não parou desde o primeiro momento. Não é alheio também o facto de, apesar de ser uma banda nova, os seus membros sejam já experientes no underground nacional, experiência que é mais que palpável em temas como “Ergue A Foice” e “Faca Romba”. Mas aquele que terá sempre um grande impacto e terá sido o tema mais marcante da estreia é mesmo o “Homens Ao Mar”, onde o público gritou com toda a alma “PUXA!”, numa simbiose com a banda sempre bela de apreciar. Não é muito comum encontrarmos uma banda aparecer de rompante e a ter este impacto no público, parece até coisa do antigamente, onde a música era sentida de forma diferente, mais vivida e acompanhada. Seja como for, seja qual o segredo do seu sucesso, a sua eficácia é incontestável.

Circlepits, moshada valente, stage divings, crowd surfings e até direito a uma wall of death se teve direito, numa “A Besta” bem bruta. Não faltaram também a versão pesadona dos Mão Morta, “Cão da Morte” e para encerrar “Existe” e “Vulgo Vulto”, que colocaram o devido ponto final numa noite bem intensa. Os Rasgo não deixaram de agradecer aos All Against e ao Theatro Club que é sem dúvida uma boa alternativa às noites de Lisboa, num espaço mais que apto para estas e outras noites de peso. O underground nacional atravessa muitos desafios mas felizmente que com bandas com esta raça e casas assim para as acolherem, há uma luz no horizonte que promete brilhar cada vez mais forte.


Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

0

2 thoughts on “WOM Report – Rasgo, All Against @ Theatro Club, Cacém – 29.03.19

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.