WOM Visions From The Pit – Pain Of Salvation @ RCA Club, Lisboa – 30.06.18

Ler reportagem WOM Report – Pain Of Salvation, Forgotten Suns @ RCA Club, Lisboa – 30.06.18

Os Pain of Salvation tocaram no passado dia 30 de junho de 2018, no RCA Club – Lisboa, e são uma banda sueca, liderada por Daniel Gildenlöw. Começaram o concerto em grande, com uma energia fantástica, que levou o público automaticamente a saltar e a fazer headbangs. Daniel, sempre imensamente comunicativo com o público, guiou-nos por uma serie de clássicos e menos clássicos, sempre acompanhado pela audiência, que nunca se mostrou cansada. Nem por um segundo. Posso falar por mim, que estes senhores são dos grandes responsáveis por eu ouvir progressivo. A banda parecia estar em sintonia com o público e os sorrisos dos músicos foram mais do que muitos. Cantamos com eles, suamos com eles, emocionamo-nos com eles. Quando tocaram a “In the passing light of day”, num momento final do concerto, o meu coração ficou pequenino de tanta emoção junta. Pronto, dêem-me um desconto, eu sou fã há muitos anos.

Em termos fotográficos, como grande fã, o meu grau de exigência é ainda maior do que o costume. O palco cheio de fumo e o constante movimento dançado da banda foram desafios que, em algumas, acho que consegui superar. Mais uma vez, tal como no concerto de abertura, o problema maior é estar a curtir o som e tirar boas fotos. Mas agradeço aos músicos a simpatia e por pousarem para algumas das fotos. As escolhidas da viagem emocional estão aqui!

Flickr Album Gallery Powered By: WP Frank

Lineup dos Pain of Salvation: Daniel Gildenlöw, Gustaf Hielm, Johan, Léo Margarit, Daniel “D2” Karlsson

Texto e fotos por Filipa Nunes
Agradecimentos Free Music Events


 

[quadsvi id=1]

Support World Of Metal
Become a Patron!

New WOM Android APP – Read All Our Issues for free!
World Of Metal Magazine – Out Now
Download It Here!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: