The Ring – O Aviso Review

Quando vi este filme – muito, muito tempo atrás – não sabia o que ia esperar, já tinha ouvido uns “sururus” mas nada de muito concreto. Só depois de o ter visto é que soube de que constava ser o filme mais assustador de sempre, que iria fazer a malta urinar pelas calças abaixo. Coisa que não aconteceu. Mas isto faz do filme um mau filme? Nem por isso. O filme está bem estruturado, o argumento é muito bom e acenta mais no mistério e suspense do propriamente na violência gráfica e gratuita. Consegue prender o espectador à cadeira, não com medo (embora se apanhem alguns sustos) mas com ansiedade e curiosidade de ver desvendado o mistério. 
A história já toda a gente conhece, uma adolescente morre e outra fica severamente traumatizada. A morte inexplicável motiva a familiar Rachel Keller (Naomi Watts – 21 Gramas), que é jornalista, para investigar o que realmente se passou, principalmente depois de ouvir uma conversa de que essa morte não era a primeira e que elas estariam relacionadas com um cassete. Uma cassete com uma sucessão de estranhas imagens. Depois de investigar consegue chegar até à misteriosa cassete e depois de a ver, recebe uma chamada telefónica com uma voz a dizer-lhe que tem apenas 7 dias de vida. A partir daqui, a jornalista mergulha a fundo na investigação na esperança de conseguir descobrir algo que lhe salve a vida antes que uma semana passe.
Como é uma versão ocidental da revelação que foi o filme japonês com o mesmo título, este tem a vantagem de estar envolvido directamente o argumentista original Kôji Suzuki mas o que faz realmente a vantagem é a banda sonora. Composta por Hans Zimmer, esta banda sonora está simpelsmente fascinante e insere-se completamente no filme, acabando por ser uma das personagens principais. O restante elenco também é bom principalmente o jovem David Dorfman (Bounce) que desempenha o filho de Watts. Realizado por Gore Verbinski (Piratas das Caraíbas) The Ring é um bom filme de suspense, com um falso final e quando ele surge mesmo, é surprendente. Embora para quem tinha as expectativas de ser o filme assustador de sempre, seja uma desilusão. Para mim não o foi porque não as tinha.

Nota 8/10
Support World Of Metal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: