WOM Report – Alcoholocaust, Midnight Priest, Ravensire @ RCA Club, Lisboa – 23.11.19

No passado dia 23 de Novembro, decorreu no RCA Club o evento promovido pela Notredame Productions que contou com a presença das bandas Ravensire, Midnight Priest e Alcoholocaust.

O evento teve inicio às 21:30 , com Ravensire, banda formada em 2011, já com algumas alterações no seu alinhamento. Estes senhores, apesar do recinto ainda não estar composto , deram o seu melhor e começaram de boa forma a aquecer o ambiente gélido que se fez sentir nessa noite. O mote que inicio a festa foi a música com o título “ Gabriel”.

À medida que o tempo ia passando, a sala ia-se compondo com a chegada de mais fãs. Por volta das 22:30, os Midnight Priest, banda que iniciou o seu percurso em 2008, deram inicio à sua actuação com o tema “ Funeral”. O público foi ao rubro durante esta actuação e a vibe de energia e felicidade fez-se sentir no ar. Como sempre , esta banda deu um espectáculo à altura do que é esperado deles, com garra e energia.

Por volta da meia noite, os Alcoholocaust , banda formada desde2005 e com algumas alterações já feitas à sua formação inicial, deram inicio ao seu espectáculo. O público acolheu-os muitíssimo bem e de forma bastante calorosa. Mas a loucura iniciou-se quando os membros da banda levaram para o palco uma garrafa de whiskey! A partir desse momento, ninguém passou frio, certamente, e foi o ponto de viragem para abertura de” circle pit” e de “stage diving”.

Este evento era para ter também a participação dos Toxik Attack banda formada em 2012, mas por motivos alheios à organização, não foi possível a esta banda comparecer no evento. Resumidamente, foi uma noite de boa musica, diversão e que deu para aquecer até o espirito mais gelado daquela noite fria na cidade de Lisboa.

Texto e fotos por Rita Moniz
Agradecimentos Notredame Productions


 

Support World Of Metal
Become a Patron!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.