WOM Recomenda – Vagos Metal Fest

A organização do Vagos Metal Fest desafiou-nos a escolher cinco propostas, cinco concertos, que consideramos imperdíveis. Tal como temos vindo a revelar ao longo dos últimos meses na nossa rúbrica Road To Vagos pelo segundo ano consecutivo, tal parece-nos praticamente impossível num cartaz recheado de excelentes propostas. Nacionais e internacionais! A qualidade é a maior de sempre assim como a variedade. Nós somos World Of Metal e como o próprio nome sugere, os nossos gostos são vastos e este é um cartaz onde todos têm algo para si. Ainda assim não recuámos perante desafio. Como parceiros oficiais, estas são as nossas escolhas.

Candlemass

Uma das mais históricas bandas de doom metal no activo. Os Candlemass são uma banda com uma história tão vasta e complexa assim como com uma riqueza musical que os coloca obrigatoriamente no topo das escolhas de qualquer fã de heavy metal. Aqui poderão mergulhar no apanhado de carreira que lhes fizemos.

Satyricon

Os Satyricon visitaram-nos poucas vezes, mas mesmo que morassem cá, o interesse seria o mesmo. Não só são uma das bandas mais inconformadas do black metal norueguês, nunca tendo receio de deitar abaixo as fronteiras e de fazer aquilo que fazem independentemente do que os outros pensam, como também em cima do palco são conhecidos por não darem concessões, incrementando o seu já lendário poder metálico. Como podem ver e ouvir aqui.

Midnight Priest

É inegável que o contingente nacional para o Vagos Metal Fest é de uma qualidade inaudita e torna-se extremamente difícil destacar nomes. Difícil e com um cheirinho a injustiça. No entanto não podemos deixar o padre de fora. Midnight Priest é um dos grandes nomes do heavy metal nacional e o novo álbum “Aggressive Hauntings”, um dos álbuns do ano no que ao estio diz respeito. Quem já os viu sabe que este será um dos grandes concertos desta edição. Quem o não os viu… terão agora uma oportunidade de ouro. Dúvidas? Confirmem aqui!

Wormwood

Continuamos dentro do espírito do black metal com os Wormwood. Podemos dizer que  têm um estatuto que não se compara às nossas anteriores. No entanto, aquilo que apresentaram com apenas dois álbuns de originais dá-nos segurança para dizer que esta é uma banda que chegará ao topo em pouco tempo. E tendo em conta que é a sua estreia em Portugal, obviamente são motivos mais que suficientes para ser um dos pontos altos do Vagos Metal Fest. Dúvidas? Confirmem aqui.

Toxikull

E acabamos com mais uma banda nacional e com mais uma sonoridade tradicional. Os Toxikull estão prestes a lançar o novo álbum, “Cursed And Punished”. Nós já o ouvimos e ficámos extasiados com a sua mistura entre heavy, speed e thrash metal, que revela-se mais apurada que nunca. Com a expectativa de ouvir novos temas e de ouvir (os já) clássicos temas de “Black Sheep” e “The Nightraiser). Rendam-se ao poder do som sagrado, com os Toxikull como podem ouvir aqui.

No entanto e para ser sincero, nós nunca fomos de apreciar só isto ou aquilo. Tal como nosso próprio World Of Metal, nós gostamos de tudo por inteiro. E como tal e reforçando a ideia de que este é um dos cartazes mais fortes do evento, deixamos abaixo as informações (e música) que recolhemos ao longo dos últimos meses de todas as propostas do Vagos Metal Fest.

Stratovarius, Six Feet Under, AlestormIron Reagan, Napalm Death, Jinjer, Aborted, Tyr, Necrophobic, Primal Fear, Dagoba, Process Of Guilt, The Godiva (com Orquestra para comemorar os 20 anos da banda), Letters From The Colony, SDI, Visions Of Atlantis, Okkultist, Infraktor, Painted Black, Equaleft, Burn Damage, Repulsive Vision, Ways, Vendetta FM, Dallian, Exumer, Vltimas, Diesel Humm, Death Angel, Watain, Basalto, Ignea

Já podes comprar o teu bilhete diário para o Vagos Metal Fest 2019 em www.vagosmetalfest.com, bol.pt e locais habituais. O campismo é #gratuito!

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.